Agente penitenciário é preso por estuprar adolescente com problemas mentais

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
Sem título

Um inspetor penitenciário foi preso nesta quarta-feira (13) acusado de estuprar uma adolescente de 17 anos que tem problemas mentais. O crime aconteceu no mês de novembro, no município de Cariacica.

A vítima, que é estudante da primeira série, estava indo a pé para a escola quando foi abordada por I. M. A., de 32 anos. Ele obrigou que ela fosse com ele até uma casa em construção. No local a adolescente foi estuprada e agredida com socos e mordidas.

Após o abuso, ela foi para casa e contou para a mãe o que tinha acontecido. No dia seguinte, a família foi até a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. O exame do DML deu positivo para coito anal e também foi coletado material genético do estuprador.

Após o crime, o acusado esteve por três vezes na porta da escola da vítima na hora da saída. De acordo com o delegado Lorenzo Pazolini, a intenção dele era coagir e ameaçar a vítima para que ela não falasse sobre o abuso. Em uma ocasião, ele chegou a oferecer bombom para a estudante. Em outra, estava de moto e mandou que ela subisse na garupa, alegando que estava com saudades. A vítima não obedeceu e saiu correndo.

O acusado foi preso próximo ao Conselho Tutelar de Cariacica. Ele disse que estava indo ao local porque soube no bairro que estavam investigando o estupro da menina.

No primeiro momento ele negou ter cometido o crime. Depois, com a apresentação dos exames do DML, ele acabou confessando, mas disse que foi consensual. Ele foi preso temporariamente por estupro de vulnerável.

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *