Armada de canivete avó golpeia vigia que beijou na boca de suas netas de 5 e 7 anos

0
223
Mulher que atacou vigia conversando com policiais (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Mulher que atacou vigia conversando com policiais (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um vigia de 41 anos levou golpes de canivete em uma praça no bairro Feu Rosa, na Serra, por volta das 15h30 deste domingo (12). A autora da agressão foi uma dona de casa, avó de duas meninas, de 5 e 7 anos, que teriam sido beijadas na boca pelo homem, que é amigo da família.Segundo a polícia, tudo começou no sábado (12), na casa das crianças. O vigia, que costuma frequentar o local, teria entrado no quarto das meninas e beijado as duas na boca. A mãe teria visto o abuso e expulsado o homem de casa.

Já na tarde deste domingo, durante o almoço de Dia das Mães, a mãe das meninas teria comentado sobre o acontecido com a avó, que é amiga do vigia.

Horas depois, a avó foi até a praça do bairro, onde o vigia estava bebendo. Segundo a versão da dona de casa, os dois discutiram, ele deu um soco nela, que o golpeou com o canivete. Já na versão da vítima, a mulher teria o agredido assim que chegou ao local.

A dona de casa foi conduzida para a 3ª Delegacia Regional da Serra. Lá, ela assinou um Termo Circunstanciado (TC) e vai responder em liberdade pelo crime de lesão corporal.

O vigia foi socorrido pelo SAMU e atendido no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. Ele teve um corte no peito, um nas costas e outro próximo ao pescoço, no ombro.

De acordo com a Polícia Civil, o caso vai ser encaminhado para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), para que o suposto abuso seja apurado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here