Bebê sobrevive após cair do 2º Andar e planta amortecer queda no ES

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
whatsapp_image_2018_07_17_at_08_33_32-5696663

O menino, de 2 meses, era ninado por uma prima, 9 anos, quando a menina, que estava próximo da janela, se assustou e a criança caiu

Foto: Eduardo dias

O bebê de dois meses, que sobreviveu após cair da janela da segundo andar da casa onde a família mora, no bairro Piranema, em Cariacica, ainda não tem previsão de receber alta hospitalar. O pequeno Murilo dos Santos está internado no Hospital Infantil de Vitória, e a mãe dele, a estudante Laryssa dos Santos, de 19 anos, afirmou que ele será submetido a uma nova tomografia nesta quarta-feira (18) para saber se houve alguma sequela da queda.

O acidente aconteceu na noite desta segunda-feira (16) e na manhã desta terça a mãe do bebê misturava momentos preocupação e felicidade ao falar sobre o pequeno Murilo. Passado o primeiro susto e o desespero de ter visto o filho acidentado, Laryssa afirmou que o bebê não teve fraturas. Ele está com um dos lados da cabeça inchado e mamou normalmente no início da manhã. “Agora ele está bem, ele fez alguns exames e o médicos estão examinando ele toda hora. Está sorrindo, está bem…Agora eu estou mais tranquila”, disse a mãe.

Familiares afirmam à Polícia Civil que o bebê estava no colo de uma prima de Murilo. A menina de 9 anos ninava o garoto perto da janela do quarto, quando levou um susto e deixou criança cair do colo. O acidente só não se transformou em tragédia porque a queda foi amortecida por uma planta, caiu no quintal de um vizinho.

A mãe informou que deixou o bebê no berço momentos antes do acidente e desceu ao primeiro andar da casa para ir à cozinha. Foi nesse momento que a menina de 9 anos pegou Murilo no colo. Após a queda, a prima que segurava o garoto contou para a avó e para a tia sobre o acidente.

Avó de Murilo, a dona de casa Luciene dos Santos, foi a primeira a socorrer o garoto, mas passou mal quando viu o neto machucado. Depois disso, uma vizinha pegou a criança e a levou para ser atendida no Pronto Atendimento de Alto Lage, em Cariacica. Vizinha Durante a manhã desta terça-feira, a dona de casa Maria da Penha Silva, de 57 anos, visitou a casa de Murilo para saber o estado de saúde do garoto que ajudou a salvar e chorou ao saber que ele estava bem.

“A primeira coisa que eu pensei foi que a criança tinha morrido. Ela estava querendo ficar desacordado e eu tinha que ficar com ele acordado. O menino viveu, graças a Deus. Foi um milagre de Deus”, disse a dona de casa que salvou Murilo. Após o acidente com o neto, a dona de casa Luciene dos Santos afirmou que a família desistiu dos planos que tinha de cortar a planta que amorteceu a queda do garoto

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *