Genaro Sanfoneiro é assassinado em Vila Velha

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
genario-sanfoneiro-cb10725ba8a8caf43e1e6c10e8cfb3a7
Genário Sanfoneiro foi candidato a deputado federal e a prefeito de Barra de São Franscisco e de Vila Velha. Ele tocava para cativar os eleitores. (Foto: Leonardo Bicalho 15/01/2004)

O professor universitário aposentado Genário José da Mata, conhecido no meio político como Genário Sanfoneiro, 68 anos, foi assassinado com pancadas na cabeça, na frente da chácara onde morava, em Alvorada, Vila Velha.

De acordo com o delegado plantonista do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Felipe Dias, os indícios apontam para espancamento e os crimes de latrocínio – roubo com morte – e execução não estão descartados.

“Pode ser madeira ou barra de ferro. Ainda não tem como dizer. Execução e roubo seguido de morte não estão descartados”, disse o delegado.

Uma testemunha disse que teria visto um dos criminosos utilizando uma barra de ferro.

O crime foi às 20h50, na rua Francisco Guimarães, em Alvorada, na rua do cemitério do bairro. A vítima tinha acabado de chegar em casa no seu Chevrolet Tracker preto.

Segundo a polícia, dois criminosos numa Ranger branca abordaram a vítima, que tinha saído do carro para abrir o portão.

Foram ouvidos gritos e a vítima foi encontrada morta do outro lado da rua, no meio-fio.

Segundo a perícia, as portas do veículo estavam fechadas e a chave estava no bolso da vítima. Aparentemente nada teria sido levado.

Segundo vizinhos, Genário morava na chácara de sua família há quase 30 anos.

Ele, que era natural de Barra de São Francisco, Norte do Estado, já foi candidato a prefeito de Vila Velha e da sua cidade natal.

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *