Governo do ES diz ter seringas suficientes para vacinar contra Covid-19 e contraria Ministério da Saúde

0

Governo capixaba informou que conta com 1,7 milhões de seringas em estoque e adquiriu 6 milhões que serão entregues de forma fracionada até o final de janeiro. Governo federal disse que o estado seria um dos que poderiam não ter insumos suficientes.

Produção de seringas em laboratório  — Foto: Reprodução/TV Globo

Produção de seringas em laboratório — Foto: Reprodução/TV Globo

A Secretaria da Saúde do Espírito Santo disse que conta com 1,7 milhões de seringas em estoque e adquiriu 6 milhões que serão entregues de forma fracionada até o final de janeiro.

A informação foi divulgada na noite desta quarta-feira (13), depois que o Ministério da Saúde informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o estado seria um dos sete que correm risco de não ter estoque suficiente para atender à demanda inicial de aplicação das vacinas contra a Covid-19.

Segundo a secretaria, o processo de compra dos insumos foi finalizado em outubro de 2020, antes da crise estabelecida por possível falta do material no mercado.

Além dos 6 milhões, a secretaria ainda tem outro processo de aquisição tramitando para a compra de mais 10,5 milhões de seringas através de ata de registro de preços.

O órgão informou que está preparado para vacinar toda sua população alvo contra a Covid-19 e que “não procede a informação de que o estado estaria com dificuldades para atender a demanda inicial da vacinação”.

A secretaria ressaltou que “o Ministério da Saúde repassou informações infundadas ao STF em resposta a ação que proibia a União de requisitar seringas e agulhas compradas pelo estado”.