Governo publica nota à população capixaba

0

Em sua edição de hoje, 11 de setembro de 2019, o jornal A Gazeta transformou em manchete de primeira página uma nota do colunista Leonel Ximenes afirmando que o Governo do Estado pretende usar containers para a internação de crianças no Hospital Infantil de Vitória. O colunista baseou-se em declaração dada pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES), sobre possíveis medidas para fazer frente à eventual necessidade de uma interdição temporária desse hospital. Tal interdição pode se fazer necessária devido às péssimas condições em que a referida unidade foi deixada pela administração anterior.

Na verdade, ao mencionar as diferentes alternativas em estudo, para a elaboração de um plano de contingência, o secretário mencionou a possibilidade de utilizar estruturas modulares e containers para abrigar serviços administrativos e adequar as áreas já existentes do Himaba para atendimento assistencial.

Afirmar, como fez o jornal, que o Governo do Estado pensa em colocar crianças sob tratamento médico em containers, não apenas distorce a declaração do secretário e falta com a verdade, mas dissemina desinformação e pânico entre a população que mais precisa dos serviços públicos. Trata-se de um desserviço a toda a sociedade capixaba.

Segue abaixo a transcrição literal do que disse o secretário à Comissão de Saúde da ALES:

“Outro estudo que poderia ser feito seria a contratação de contêineres e módulos que poderiam ser acoplados ao terreno do Hospital Himaba, em Vila Velha, porque ele tem um terreno horizontal, um terreno amplo, que poderia receber, então, parte desses serviços. E esses módulos receberem, então, a parte administrativa completa do hospital e tratar de adequar as áreas que já existem como áreas assistenciais.”

Governo do Estado do Espírito Santo