Idoso de 83 anos morre atropelado por trem no Noroeste do ES

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
whatsapp_image_2017_08_23_at_14_22_37-5253984

Ele era deficiente auditivo e estava tentando consertar uma enxada no momento do acidente

Um idoso foi atropelado por um trem e morreu nesta quarta-feira (23) em Baixo Guandu, região Noroeste do Estado.

O acidente aconteceu no início da tarde, entre o bairro de Sapucaia e Mauá. De acordo com a Polícia Militar, as testemunhas disseram que a vítima, Alfredo Pereira da Silva, 83 anos, estava tentando consertar uma enxada na linha férrea, quando foi atingido.

O maquinista disse aos policiais que emitiu o aviso sonoro para alertar o idoso, mas os familiares informaram que ele era deficiente auditivo.

OUTRO LADO

Mulher é condenada a indenizar a ex do irmão por post no Facebook

Capixaba atravessa BR 259 caminhando em corda suspensa no ES; assista

Acionada pelo Gazeta Online, a Vale emitiu nota sobre o acidente. Confira na íntegra:

A Vale informou por meio de nota que lamenta informar que uma pessoa foi atingida por uma composição ferroviária em Baixo Guandu (ES) quando encontrava-se sobre a ferrovia, em local não autorizado à circulação de pedestres. Equipes de socorro e autoridades policiais foram imediatamente acionadas para tomar as providências cabíveis, mas a pessoa não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ao avistar o pedestre próximo à linha, o maquinista que conduzia a composição seguiu todos os procedimentos de segurança, alertando com buzina e faróis, e aplicando freios de emergência. Cabe ressaltar que, em virtude da inércia, um trem pode percorrer centenas de metros além do local onde foram acionados os freios de emergência antes de parar totalmente.

A Vale ressalta que a convivência segura com a ferrovia depende de procedimentos simples que devem ser observados por todos, maquinistas e comunidades. Frequentemente, a empresa realiza ações de conscientização nos municípios localizados ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), alertando sobre a importância de uma convivência segura e harmônica com a ferrovia.

A Vale reitera seu compromisso com a segurança de suas operações, bem como das comunidades ao longo da EFVM.

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *