Interno que teve os olhos perfurados recebe alta e retorna para o Iases

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
interno-tem-os-dois-olhos-perfurados-apos-briga-dentro-do-iases
Atualização – O adolescente de 15 anos que teve os olhos perfurado durante uma briga dentro da unidade do Instituto de Atendimento Sócio-Educativo do Espírito Santo (Iases), recebeu alta na tarde desta terça-feira (9). O jovem passou dois dias internado no Hospital Geral do município de Linhares para tratar o ferimento. Segundo os pais do menor, os agressores utilizaram um cabo de vassoura para ferí-lo. De acordo com o Iases, os responsáveis pela agressão foram autuados.

O diretor Técnico do Iases, Gustavo Badaró, disse que a confusão aconteceu na área de convívio da unidade. “Eles estavam fora da cela. Eles não ficam presos 24 horas por dia”, disse. Gustavo também explicou que o objeto que, segundo os pais, foi utilizado na agressão estava ao alcance dos jovens, já que é utilizado nas atividades cotidianas da instituição. “A vassoura é um dos objetos utilizados para limpeza diária. Foi uma ação feita de maneira rápida. O adolescente pode pegar uma escova de dente ou uma coisa qualquer”, justificou.
O diretor também desmentiu as denúncias contra o sistema utilizado na unidade, que inclui denúncias feitas pelos pais de adolescentes que são atendidos pela unidade. Gustavo disse que “não é verdade” que os agentes socioeducativos praticam torturas contra os jovens. Segundo os pais, os internos eram amarrados juntos às grades e levavam choques. Além disso, comida estragada é servida durante as refeições.
Gustavo Badaró também explicou que apesar de o adolescente ter sido gravemente agredido, a instituição não pode liberar a vítima. “Ele é uma pessoa que está responsabilizada pelo judiciário. Quem define a vidade dele, se ele é liberado ou se ele não é, é o judiciário”, finalizou.
Fonte: G1/ES

Adolescente tem os dois olhos perfurados

Um adolescente de 15 anos teve os olhos perfurados durante uma briga dentro da unidade do Instituto de Atendimento Sócio-Educativo do Espírito Santo (Iases), em Linhares, no Norte do estado, neste sábado (6), segundo um membro do Centro de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH) . O menor ferido foi internado no Hospital Geral do município e o estado de saúde dele é estável. O Iases negou que o adolescente tenha sofrido lesão no globo ocular e disse que os internos responsáveis pela agressão já foram autuados. Agentes do Iases estão no Hospital Geral e monitoram o quarto onde o adolescente recebe os cuidados médicos, na enfermaria, cercado por biombos.
Um dos membros do CDDH, Jonas Soprani, viu e conversou com o adolescente. Segundo ele, o menor está com o rosto machucado e com gaze nos olhos. “Rosto inchado, vários pontos na face, e os dois olhos furados, escorrendo bastante sangue. Ele falou que teve uma briga lá no Iases e, segundo ele, foi uma briga entre três adolescentes”, contou.
Ainda não há informações se a briga entre os internos aconteceu dentro ou fora de uma cela e nem qual foi o motivo da confusão. De acordo com Jonas, o CDHH tenta investigar como os adolescentes tiveram acesso a um objeto perfurante. “Nós queremos saber que tipo de material cortante ou perfurador entrou lá”, disse.
O pai de um interno, que preferiu não ser identificado, conta que sempre percebe marcas de agressão  no filho quando vai visitá-lo e que a violência dentro do Instituto começa com os próprios agentes socioeducativos. “Eles (agentes) ficam provocando os meninos até os meninos fazerem alguma coisa para eles entrarem e baterem neles. Eles provocam, eles dão choque…”, disse.
De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Linhares, o estado de saúde do adolescente é estável. O Iases informou que o menor agredido foi prontamente socorrido e não teve nenhuma lesão no globo ocular. Os adolescentes que agrediram o interno foram encaminhados para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) e autuados.
Nota: A mãe de um interno que estava no Hospital Geral, e que pediu para não ser identificada conversou com a reportagem do Site de Linhares (ver vídeo). O membro do Centro de Defesa dos Direitos Humanos, Jonas Soprani, também conversou com a nossa reportagem (ver vídeo).

– See more at: http://www.sitedelinhares.com.br/noticias/policia/interno-tem-os-dois-olhos-perfurados-apos-briga-dentro-do-iases#sthash.zSTMeW1H.dpuf

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *