MÃE E PADRASTO SÃO DENUNCIADOS POR ESTUPRO E TORTURA DE CRIANÇA EM (MG)

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
MAEWNEKACOY2018041416130114042018

O casal está preso e pode pegar mais de 100 anos de prisão

A mãe de 23 anos, e o padastro, 32, de uma criança de dois anos foram denunciados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) por estupro e tortura contra a menor. O crime foi cometido em Visconde do Rio Branco, Minas Gerais. O caso corre em segredo de Justiça.
No dia 2 de fevereiro o casal levou a criança ferida ao hospital do município alegando que ela havia caído de bicicleta. No entanto, os médicos constataram que as lesões da menina eram graves e a menor apresentava indícios de violência sexual, ferimentos em todo o corpo, várias fraturas e unhas arrancadas.
A médica responsável pelo atendimento chamou o Conselho Tutelar e a Polícia Militar. O casal chegou a ser detido, mas foi liberado após depoimento.
No dia 5 de fevereiro, as polícias Civil e Militar foram até a residência do casal no Bairro Cardoso Soares com mandados de prisão e flagraram os dois, que se preparavam para fugir para Volta Redonda (RJ).
A PM informou que o padrasto tem passagem pelos crimes de lesão e uso de drogas. A mãe responde por tráfico de drogas.
A menina ficou sob os cuidados do Serviço de Acolhimento Familiar. O Ministério Público afirmou que atualmente a criança apresenta significativa melhora física e mental.
O casal está preso e pode pegar mais de 100 anos de prisão.
O Extra online
12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *