Mergulhador é abocanhado por baleia durante gravação de filme: ‘Me cuspiu 3 segundos depois’

0

Como na famosa história bíblica de Jonas, o mergulhador sul-africano Rainer Schimpf foi abocanhado por uma baleia na cidade de Porto Elisabete, na África do Sul, enquanto gravava um documentário sobre a alimentação de sardinhas por parte dos seus predadores.
Nesse momento, o próprio Rainer virou a presa quando uma gigantesca baleia-de-Bryde o abocanhou. Mas calma! Tudo terminou bem ao final.
Segundo o mergulhador profissional, momentos antes das imagens chocantes, ele sentiu uma ‘pressão nas costelas’ e ao perceber a aproximação da baleia, já era tarde demais.
Felizmente, o mamífero o soltou assim que notou que estava engolindo um ‘ser vivo enorme’, grande demais para sua digestão. Assim como a história bíblica de Jonas, Rainer se meteu em apuros com a baleia, entretanto, passou três segundos dentro dela, e não três dias como o profeta do Antigo Testamento.

“Eu estava filmando golfinhos, tubarões, pinguins e aves que se alimentam de sardinhas, quando, das profundezas, uma baleia Bryde surgiu, engolindo tudo em seu caminho. Foi apenas uma questão de segundos antes que a baleia percebesse seu erro e abrisse a boca para me cuspir”, afirmou o mergulhador à agência AFP.
Surpreendentemente, Rainer logo se recuperou e voltou a gravar o documentário, focando nos tubarões que nadavam próximo à orla de Porto Elisabete. Nada de entregar em choque ou voltar para casa traumatizado!
“Verificamos que o equipamento estava ok, que eu não tinha ossos quebrados, que tudo estava no lugar. Adrenalina ao máximo, eu não queria perder essa sessão de mergulho, voltei para a água, dessa vez em busca de tubarões. Predadores como baleias ou tubarões vão com tudo sobre suas presas e muitas vezes nossa visibilidade é extremamente baixa”, completou