Mulher descobre que era casada com o próprio pai no ES

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
1_espingarda-5638909-300x163

Uma lavradora, de 24 anos, denunciou o companheiro por ameaça, após descobrir que ele era seu pai e ter se negado a manter relações sexuais com ele, em São Domingos do Norte, na região Noroeste do Estado. O pedreiro foi preso pela ameaça e por porte ilegal de arma. Segundo a mulher, ele sempre soube que era pai dela. O nome dele não será divulgado para que a vítima não seja identificada.

A Polícia Militar informou que a mulher conseguiu fugir da casa e ligou para denunciar que estava sendo ameaçada pelo homem na última sexta-feira (1º).

Os dois não eram casados no papel, mas viviam juntos, como marido e mulher, havia 5 anos. Após o quarto ano de convivência e de estar grávida de oito meses, ela descobriu que o homem na verdade era seu pai. A descoberta ocorreu quando ela procurou atendimento para o companheiro no hospital da cidade.

A lavradora precisou apresentar um documento do então companheiro na unidade de saúde. Dessa forma, descobriu o nome completo dele, igual ao que constava na certidão de nascimento da mulher.

A mulher, a partir da descoberta, se negou a manter relações sexuais com o acusado e tentou se separar dele. A partir disso, ela, que estava grávida, começou a receber ameaças de morte do companheiro. O suspeito também ameaçou matar a filha que a jovem tem de outro relacionamento. Segundo ela, ele usava uma espingarda que tinha em casa para fazer as ameaças. O homem também dizia que se mataria.

A mulher ainda contou à polícia que o homem sempre soube que ela era filha dele. Já a lavradora morava com a mãe na Bahia e não conhecia o pai

Na noite da última quinta-feira, após uma discussão entre eles, ela se trancou no quarto e conseguiu fugir de casa durante a madrugada, para o município de São Gabriel da Palha, onde fez a denúncia.

Quando a PM chegou ao local onde os dois moravam, o homem estava sentado próximo à porta da frente. Ele foi abordado e indagado sobre a arma de fogo, uma espingarda de fabricação caseira e as ameaças contra a mulher. Em seguida, foi detido e encaminhado para a 15ª Delegacia Regional de Colatina.

O delegado plantonista Ricardo Barbosa informou que o homem foi autuado em flagrante por ameaça e posse ilegal de arma de fogo. Ele foi conduzido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina. A vítima foi encaminhada para fazer exames de lesão corporal.

A delegacia de São Domingos do Norte será a responsável por investigar se também houve crimes de cárcere privado e estupro contra a vítima.

Fonte: Gazeta Online

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *