Mulher é sequestrada por bandidos e morta com tiro na nuca em Montanha

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
thumbs

O carro onde as vítimas estavam teria sido levado a uma parte afastada da cidade, próxima da divisa do município com a cidade de Nanuque, em Minas Gerais, onde ocorreu o crime

Foto: Reprodução/FacebookMarília Carvalho morreu na hora

Um crime brutal e ainda cercado de mistérios chocou os moradores da pequena cidade de Montanha, no Norte do Estado, na noite de segunda-feira.

Marília Carvalho do Carmo, de 29 anos, e um amigo foram sequestrados por dois criminosos. As vítimas foram levadas a uma parte afastada da cidade, em uma plantação de eucalipto, próxima da divisa do município com a cidade de Nanuque, em Minas Gerais.
No local, Marília foi baleada na cabeça e morreu na hora. O amigo dela, que também foi baleado na cabeça, foi socorrido e levado para o Roberto Silvares, em São Mateus.
De acordo com a polícia, os dois foram rendidos na porta do hospital de Montanha. Eles estavam no carro do amigo de Marília. O modelo do veículo não foi informado.
Procurada pela reportagem durante todo o dia, a Polícia Civil não informou quantos tiros atingiram as vítimas, a motivação e qual está sendo a linha de investigação. Apenas informou, por meio de uma nota, que está investigando ocaso e, até o momento, nenhum suspeito foi detido.
Outras informações não seriam repassadas para não atrapalhar o trabalho de investigação.
Segundo um cunhado da vítima, a jovem era formada em Administração e trabalhava na área, em um supermercado da cidade. Ela estava aprendendo a andar a cavalo e voltava de um treino de um haras da cidade.
“Após o treino, ela e um outro amigo pegaram carona com o dono do veículo, que é muito amigo dela. Eles deixaram esse outro amigo no hospital, onde trabalha, e depois iriam embora. Ela estava na hora errada e no lugar errado”, lamentou.
O cunhado afirma que o crime comoveu a cidade, pois ela era uma pessoa alegre e que estava sempre feliz. “A cidade está parada por causa do crime, ela era muito querida e não tinha problema com ninguém”, desabafou.
Marília deixou um filho de 7 anos. Nesta terça (23), o amigo baleado foi transferido de hospital e não teve o estado de saúde revelado.
Crime comove moradores e amigos fazem homenagens
Amigos, familiares e conhecidos se despediram da jovem no velório que ocorreu em Montanha durante a tarde de ontem. O enterro ocorreu no cemitério da cidade.
O assassinato da jovem também mobilizou as redes sociais. Amigos e parentes postaram, durante todo o dia, mensagens em homenagem à Marília.
Nas publicações, eles mostram tristeza e indignação com o crime.
“Ela era uma pessoa muito querida, super de bem com a vida! Que Deus o tenha em seus braços. Amém”, comenta uma amiga da jovem.
“E aí você acorda numa terça qualquer e percebe que não será um dia qualquer! Marília, o que será de nós sem as suas loucas gargalhadas, sem a sua amizade tao sincera e sem sua presença física? Que Deus te acompanhe e ilumine minha querida”, desabafou uma outra amiga. Os amigos também deixaram mensagens de conforto para os familiares da vítima. “Montanha, o que está acontecendo? Não temos palavras para confortar os familiares e todos nós amigos de Marilia, que nos deixa neste dia de muita tristeza”, publicou um morador.

Fonte: GAZETA ONLINE

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *