Mulher que roubou Bebê de amiga em Pancas é encontrada em São Gabriel da Palha

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
bebedesaparecida-4834168

Desesperada para ser mãe, uma mulher sequestrou a filha recém-nascida de uma amiga na madrugada desta quarta-feira (11), em Lajinha de Pancas, distrito de Pancas, região Noroeste do Estado. Rosana Muniz, 35 anos, que já tentou engravidar duas vezes sem sucesso, passou o dia na casa da amiga Lorena Espínola de Assis, 24, onde conheceu a pequena Laura Sofia Espíndola de apenas 14 dias.

Segundo informações do pai da criança Adenilson da Silva Neves, 29, enquanto estava na casa das vítimas, Rosana pediu para beber água. A suspeita é de que ela tenha colocado alguma substância na água que fez Lorena passar mal depois de ingerir.

Rosana permaneceu na casa de Lorena até às 17h, quando o marido chegou do trabalho, também bebeu água e sentiu uma tonteira. Algumas horas depois de Rosana ir embora, o casal fechou a casa e foi dormir porque não estavam passando bem.

Eles ainda aguardavam o filho do casal que foi com a avó Nilda Faustino Espíndola, 52, para uma consulta no Hospital Infantil, em Vitória. Nilda chegou com a criança às 5 horas e foi levá-la até a casa da filha.

Adenilson abriu a porta e pegou o filho. Em seguida, o pai deixou a porta encostada e todos voltaram a dormir.

Quando acordaram, às 6h30 da manhã, não encontraram a criança, que foi colocada para dormir junto com os dois filhos do casal na cama.

A Polícia Militar foi acionada pela família. O vizinho do casal, Valmir da Silva Tonn, 47, percebendo a movimentação dos policiais no local, informou que viu Rosana com a criança no colo às 5h50 no ponto de ônibus, enquanto fazia caminhada pela rua.

A mãe de Lorena conseguiu ligar para Rosana, que contou que estava em Nova Venécia e que iria até a Delegacia de Pancas para “esclarecer a situação”.

Ao chegar na delegacia, em depoimento ao delegado Renan Alves dos Santos, a acusada confessou o rapto do bebê. Ela ainda contou que deixou a criança no bairro Toca da Onça, em São Gabriel da Palha.

Os policias então foram até o local e encontraram a menina. A Polícia Civil informou que Rosana foi autuada no artigo 237 do Estatuto da Criança e Adolescente por “subtrair criança ou adolescente ao poder de quem o tem sob sua guarda em virtude de lei ou ordem judicial, com o fim de colocação em lar substituto”.

Ela será encaminhada para o presídio feminino de Colatina. A bebê já foi entregue aos pais e passa bem.

Fonte: Brunella Alves / Gazeta Online

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *