Nos braços do povo veneciano, Richarlison se emociona em jogo beneficente

0

Atacante capixaba visita Nova Venécia, sua cidade natal, antes de viajar para se apresentar ao Everton

“Porque a humildade é a essência da vida”. Os versos do Mc Andrezinho Shock embalaram, na noite deste sábado, a entrada de Richarlison no estádio Zenor Pedrosa Rocha, em Nova Venécia, Região Noroeste do Espírito Santo. E, ao som do funk que retrata bem o seu estilo de vida, o atacante capixaba não segurou as lágrimas diante dos 3 mil presentes que foram ao estádio prestigiar o “Amigos do Richarlison”. O jogo beneficente arrecadou pelo menos 6 toneladas de alimentos, que serão doados a famílias carentes da região.

Esta foi a primeira vez que Richarlison esteve em Nova Venécia, sua cidade natal, desde a conquista da Copa América com a Seleção Brasileira. O jogador de 22 anos revelou o que passou pela sua cabeça assim que pisou no gramado.

– Me emocionei porque a gente sabe da dificuldade de o cara sair daqui do Estado e fazer sucesso lá fora. Então a gente chega aqui, vê esse monte de gente torcer… É gratificante demais, fico muito feliz. Me emocionei porque vi a alegria no povo veneciano. Agora é continuar trazendo alegria para esse povo.

Richarlison chegou durante a tarde na cidade e já teve que atender aos fãs assim que desceu do carro. No almoço não foi diferente: fotos atrás de fotos. O atacante mal descansou e já partiu para o estádio.

“Golaaaaaço é incentivar a educação de qualidade”, “É Deus quem aponta a estrela que tem que brilhar” eram as frases de alguns dos inúmeros cartazes espalhados pelo Zenor Pedrosa, que explodiu em festa quando o atacante entrou em campo. Teve fogos de artifício, banda, muita festa e homenagem com a comenda “Domingos Martins”.

Na partida, que reuniu amigos da cidade, o camisa 9 precisou de poucos minutos para balançar as redes uma, duas, três vezes… mas em um lance da partida, a bola acabou acertando uma criança na arquibancada. Em um ato de humildade, o jogador parou o jogo para acompanhar o atendimento na ambulância. Felizmente foi só um susto. Ao fim dos 90 minutos, como era de se esperar, Richarlison deitou e rolou, fez 5 gols, deu assistências e seu time venceu por 10 a 1.

Nos braços do povo veneciano, Richarlison se emociona e deixa a sua marca em jogo beneficente — Foto: Marcella Scaramella/A GazetaNos braços do povo veneciano, Richarlison se emociona e deixa a sua marca em jogo beneficente