Onda de furtos e atos de vandalismo podem deixar a população sem água em Linhares

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
adutora-interdicao01

Linhares – Os crimes de furto e atos de vandalismo podem deixar a população linharense sem água ou provocar o retorno do esgoto para dentro das casas ou o seu escoamento para as ruas. A informação é de técnicos do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Linhares (Saae), que têm registrado vários episódios de destruição por todo o município.

fonte: rede diario-es

De acordo com o Saae, os danos mais comuns são o roubo de materiais elétricos e a destruição de poços de visita (PV) do sistema de coleta do esgoto. Somente em 2017 foram registrados 30 arrombamentos com furtos em Estações de Tratamento de Esgoto – ETE’s e Elevatórias de Esgoto Bruto do Município. Os prejuízos aos cofres do Município podem chegar a R$ 100 mil.

O atual diretor de operações do Saae de Linhares, Zércio Largura, afirmou que os prejuízos causados pelo vandalismo têm grandes proporções e afetam diretamente a população. Ele explica que uma estação paralisada, o esgoto extravasa pelas ruas ou retorna para as casas. “Quando ocorre um ato desses de vandalismo e furto, o munícipe é prejudicado duas vezes, porque o prejuízo material é incalculável para os cofres públicos e imensurável para o bem estar da população, que tem que aguardar a manutenção da estação em meio ao esgoto que retorna para ruas e até em suas casas, devido a paralisação das máquinas”, explica.

Ele afirma que todos os furtos foram registrados na 16ª. Delegacia Regional de Linhares para investigação policial e que as providências necessárias para a substituição dos materiais roubados já tomadas pelo Saae. Mas, ele faz um apelo a população para contribuir com informações que possam ajudar com as investigações e identificação dos suspeitos e vândalos.

“Nós já acionamos e registramos boletins de ocorrência e as providências estão sendo tomadas. A ação é criminosa e toda ajuda é bem vinda para evitar esse transtorno. Afinal, estamos falando de patrimônio e serviço público, que é de todos”, reforça o diretor. Foto G-1 com informações do EShoje.

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *