Ônibus de Montanha que transporta pacientes para Vitória pega fogo

0

fonte: https://tribunacapixaba.com.br/

Montanha – O ônibus da empresa Aritur, que presta serviços à prefeitura no transporte a pacientes para Vitória, pega fogo e causa pânico e destruição: idosos, crianças, pessoas debilitadas, cadeirantes, todos em pânico.

O acidente aconteceu por volta das 3h30, chegando em Colatina, e os passageiros não tiveram tempo para salvar seus pertences. Muitos deles perderam tudo: dinheiro, roupas, calçados, documentos, mochilas etc.

A paciente Maria Fernanda de Souza Falcão disse ter vivido cenas de terror: “A gente viveu cenas de terror. A gente não perdeu vidas, Graças a Deus! Não houve machucados. Só o motorista que queimou a mão. Mas, foi a pior cena que se pode imaginar. A gente sai de casa doente, mas tem que ter, no mínimo, dignidade. Muita gente perdeu tudo: roupa, calçado, dinheiro, e até os documentos. Não deu tempo retirar nada. Eu mesma perdi minha cadeira de rodas”, disse Fernanda Falcão.

Maria Fernanda é cadeirante e precisava de ajuda para deixar o ônibus em chama. “Fui a última a sair. Eu não podia sair pela janela e os demais passageiros procuravam salvar suas vidas. Muitos aglomeraram próximo à porta e eu nem entre eles podia me colocar. Foi desesperador”, conta Fernanda.

Fernanda diz que sua salvação veio do motorista Erivelton, que mesmo com a mão bastante queimada, prestou socorro a ela.

Muitos passageiros foram obrigados a interromper a viagem e voltaram para casa, pois sem a documentação, não conseguiriam o atendimento médico. Outros, por ter as guias queimadas, nem sequer sabiam o procedimento ao qual seriam submetidos.

As reclamações sobre as condições do transporte de pacientes para Vitória vêm sendo, há muito, motivo de reclamações dos usuários, tanto sobre as condições dos veículos, quanto sobre as condições da viagem: ônibus que frequentemente apresenta defeitos, profissionais sem capacitação para atendimento aos passageiros, banheiros sem condições de uso, os pacientes reclamam que falta até papel higiênico.

O vereador Neto Barros divulgou nota de solidariedade aos passageiros. Na nota, Neto Barros questiona o itinerário do ônibus: “Por que tem que passar por Colatina?”. E diz que em razão de os incidentes no transporte de pacientes serem corriqueiros, ele vem há muito cobrando da administração a fiscalização imediata da empresa.

O secretário de Comunicação do município de Montanha, Marcos Coutinho, informou que a causa do acidente ainda é desconhecida. Esclareceu ainda que não houve nenhum ferido entre os passageiros, além de perdas materiais, e que toda assistência está sendo prestada pela empresa de ônibus e pela seguradora.

Socorro

O socorro chegou rápido, segundo os passageiros, por volta de maia hora após o acidente, chegou um novo ônibus para o embarque dos passageiros que seguiriam viagem.

Fernanda Falcão disse que a empresa socorreu também com uma ajuda de R$ 300,00 aos passageiros que perderam seus pertences.

Investigação

O que todos esperam é que seja feita investigação, com a realização de perícia para saber as causas do acidente.

Veja abaixo o desespero de uma das passageiras.

Video Player

00:07