Pai acha filho morto no caminho do trabalho no ES

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
8386301393_ee4cac56a0_b

Porém, no trajeto se deparou com dois policiais, em Cariacica, e um jovem assassinado no chão. Ao se aproximar para ver o que tinha acontecido, descobriu que o rapaz morto era o próprio filho. A mãe do jovem, uma porteira, de 42, também reconheceu o corpo do filho.

“Reconheci na hora que era o meu filho, pelo corpo dele e pela bermuda que estava usando. Um pai sabe reconhecer o seu filho de longe. Depois a mãe dele se aproximou e também o reconheceu. Meu mundo desabou. Fiquei desesperado. Eu mal consigo acreditar que isso aconteceu, estou em estado de choque”, disse o pai.

O tatuador Zenildo Cardozo de Almeida Junior, de 20 anos, foi assassinado com 11 tiros, na madrugada de ontem, no bairro Rio Marinho. Ele morava em Jardim Botânico e, de acordo com a família, saiu de casa por volta das 21 horas de domingo.

Testemunhas afirmaram que, por volta das 5 horas, tiros foram ouvidos e Zenildo Junior foi visto correndo pela Estrada de Caçaroca.  Ainda segundo pessoas que passavam pela região, dois homens em uma moto estavam perseguindo a vítima.

Por Kananda Natielly, do Jornal A Tribuna

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *