Pai mata filho de dois anos e se mata em Brejetuba-ES

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
brejetuba-5629026

Joaquim Sabino, 24 anos, estava separado da esposa e revelou para ela que, se a criança não ficasse com ele, não ficaria com a ex

Um lavrador, 24 anos, matou o filho, de apenas dois anos e, em seguida, cometeu suicídio. A tragédia aconteceu na tarde desta segunda-feira (06), na localidade de Córrego do São Domingos Grande, interior de Brejetuba, na Região Serrana.

De acordo com a Polícia Civil, os corpos do lavrador Joaquim Sabino e do filho, que ainda não teve o nome divulgado, foram encontrados por volta das 15h, dentro da casa dele, pelo irmão de Joaquim, que procurou o encarregado da fazenda onde o lavrador trabalhava e, em seguida, eles acionaram a polícia.

A mãe do menino contou para os investigadores que se separou de Joaquim há aproximadamente dois meses e, desde então, estava morando em Mutum, Minas Gerais.

A mulher contou para a polícia que, no domingo (05), seguiu até a casa de sua mãe com os seus filhos. Lá, o ex-companheiro pegou o menino com a promessa de que devolveria no dia seguinte. Ela contou que chegou a entrar em contato com Joaquim no dia combinado, mas ele disse que não devolveria a criança e que, se o menino não ficasse com ele, não ficaria com a ex.

As investigações seguem e a Polícia Civil aguarda o resultado dos laudos da perícia. Os corpos foram encaminhados para o Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim.

HISTÓRICO DE VIOLÊNCIA

O Conselho Tutelar relatou que já atendeu algumas ocorrências envolvendo a família e que Joaquim possuía comportamento agressivo. O casal tinha outro filho, que segue com a mãe.

MORADORES ABALADOS APÓS TRAGÉDIA

Brejetuba tem aproximadamente 12,8 mil habitantes. Uma funcionária pública, de 39 anos, que preferiu não se identificar, contou que o crime é o assunto mais comentado no município desde esta segunda-feira (06). “Eu não conhecia eles pessoalmente, mas é uma situação triste você saber que um pai matou um filho e depois se matou. Aqui na rua eles eram um pouco conhecidos, porque ele tinha sido preso por agredir ela”, disse.

Informações rede gazeta

 

 

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *