Passarela que ligará Viana e Cariacica, no ES, será construída em 24 horas

0

Obra emergencial foi necessária após as duas pontes que interligam as cidades terem sido derrubadas durante as enchentes.

A Prefeitura de Viana iniciou nesta quarta-feira (20) a construção de uma uma nova passarela para ligar os municípios de Viana e Cariacica, que deverá ficar pronta em 24 horas. A medida emergencial precisou ser tomada após as duas pontes que interligam as cidades terem sido destruídas pela água das chuvas, que elevou o nível do rio Formate.

De acordo com o prefeito de Viana, Gilson Daniel, a obra será inteiramente custeada pelo município. A passarela de aço está sendo construída da rua Afonso Cláudio, onde uma ponte já existente foi levada pela força do rio. Segundo o prefeito, a empreiteira e os servidores da Prefeitura se encarregarão da obra.

Moradores de Marcílio de Noronha, em Viana, se arriscam passando por passarela que foi derrubada pela chuva — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Moradores de Marcílio de Noronha, em Viana, se arriscam passando por passarela que foi derrubada pela chuva — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Outra ponte ficará pronta em 60 dias

A outra ponte derrubada em razão das chuvas interliga os bairros Marcílio de Noronha, em Viana, e Flor de Piranema, em Cariacica. Uma nova estrutura para substituir a antiga também está sendo providenciada. No entanto, a construção deve ser concluída em um prazo de 60 dias.

“Vai ser uma passarela de 29 metros de altura – a que tínhamos hoje era de 16 metros. Então, ela vai ficar mais alta para que em períodos de chuva a água não leve e as pessoas possam transitar normalmente”,explicou o prefeito.

Chuva derruba passarela em Viana, ES, e moradores se arriscam para atravessar o rio

Chuva derruba passarela em Viana, ES, e moradores se arriscam para atravessar o rio

Interdição

A derrubada da ponte da entre Marcílio de Noronha e Piranema acabou se transformando em sinônimo de perigo, já que alguns moradores passaram a se arriscar para atravessar sobre a estrutura que restou.

Por esse motivo, a Defesa Civil de Viana interditou o local na noite desta terça-feira (19). Tapumes foram colocados nas bordas da passarela e o corrimão, que ainda vinha sendo usado como auxílio para a travessia. A população da região acompanhou o serviço da Prefeitura até o início da madrugada desta quarta-feira (20).

Apesar de considerarem a interdição necessária, moradores do local lembram que a ponte é fundamental para a travessia, inclusive de crianças, que precisam ir de um bairro ao outro para estudar.

“Sem a ponte, a gente precisa ir lá na frente atravessar. É um lugar perigoso porque passam muitos veículos, muitas carretas”, relatou uma moradora.

Gilson Daniel afirma que cerca de 3 mil moradores de Cariacica acessam o bairro Marcílio de Noronha por meio da ponte. Nesta terça-feira, um veículo escolar será disponibilizado para o transporte de cerca de 40 alunos.

O prefeito reforçou o pedido para que a população preze pela segurança. “A gente pede as pessoas que não se arrisquem. O rio está cheio, é um risco para as pessoas. Passem pela ponte que já existe. É mais distante, mas nesse momento é uma questão de segurança”.