Início Site Página 3

Homem é encontrado morto no palco da Praça no centro de Barra de São Francisco

0

Policiais do 11º BPM de Barra de São Francisco, foram acionados na manhã desta quinta-feira, 11/04/2019, para confeccionar uma ocorrência policial (B.O), na Praça Central da cidade, onde havia uma pessoa morta. Ao Chegarem na Praça, os policiais depararam com o corpo de uma pessoa conhecida até o presente momento como sendo Alexandre, mais conhecido por Dinho, que começou a passar mal por volta das 3h da madrugada, segundo moradores de rua que vivem nas proximidades.

Alessandro, o Dinho, era mecânico de formação, mas, segundo conhecidos, ele e seu irmão, identificado como Carlinhos, moravam na praça há algum tempo.

Os policiais isolaram a área e aguardam a chegada da pericia para as providências cabíveis. O corpo de Dinho foi encontrado em cima do palco da Praça no centro de Barra de São Francisco. Acredita-se que seja morte natural, mas a policia irá investigar a morte do rapaz.

Refin-Agropecuário 2019 facilita a regularização de dívidas de produtores rurais

0

Produtores rurais financiados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) com contratos que vencem este ano podem buscar no Refin-Agropecuário uma chance para organizar sua situação financeira. A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original.

O Refin-Agropecuário tem regras definidas no Manual de Crédito Rural (MCR), que o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) utiliza para atender às necessidades dos produtores. Para se habilitar, o produtor deve estar em dia com suas obrigações financeiras e de acompanhamento do projeto junto ao banco capixaba.

A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original.

“O Bandes tem feito uma verdadeira ‘força-tarefa’ para atender o produtor rural que necessita renegociar seus contratos. Desta forma, fizemos um trabalho junto ao BNDES para possibilitar renegociações das operações. Também estamos em contato com associações e entidades ligadas à agricultura em todo o Estado prestando informações qualificadas sobre todo processo”, destaca o gerente Financeiro do banco, Carlos Magno Rocha de Barros.

Toda essa movimentação tem o propósito de atender bem o produtor, complementa o gerente.

O passo a passo da renegociação

O saldo devedor do contrato a ser renegociado terá extensão de seu prazo de amortização. Será acrescentada mais uma parcela para pagamento do financiamento original. “Para um fácil entendimento, é como se a obrigação de pagar o principal da parcela deste ano fosse transferida para um ano após o final do contrato”, explica o gerente.

Para aderir à renegociação, o cliente deve efetuar o pagamento dos juros da parcela refinanciada como sinal, até a data definida pelo banco e o envio de documentos para análise. O produtor rural interessado deve enviar a solicitação de renegociação e os documentos necessários ao Bandes pelo e-mail refin@bandes.com.br ou whatsapp (27) 99949-4206.

Após a análise, o banco emite o boleto para o pagamento do sinal. Caso haja alguma pendência do cliente também será proposto um prazo de regularização. “Nesse processo, é importante que o interessado monitore periodicamente seu e-mail ou whatsapp”, orienta Carlos Magno.

Aprovada pelo banco capixaba, a solicitação de refinanciamento é encaminhada ao BNDES. Se aceita, o Bandes dá inicio à formalização do acordo. “É importante ressaltar que o cliente tem 30 dias para providenciar a formalização e a devolução do novo contrato ao Bandes”, informa.

Documentos para envio
– Solicitação de renegociação PRONAF – Refin Agropecuário
– Laudo técnico PRONAF – Refin Agropecuário
– Declaração de Aptidão ao PRONAF
– Certidão Negativa de Débito da Receita Federal
– Regularidade na execução dos investimentos
– Comprovação do pagamento do sinal (juros da parcela refinanciada)

Consulte a Página Refin-Agropecuário Pronafpara informações adicionais. Para obter orientações entre em contato com o Bandes:
Telefone: (27) 3331-4204
Whatsapp: (27) 99949-4206
E-mail: refin@bandes.com.br

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do Bandes
Bárbara Deps Bonato
(27) 3331-4352/ (27) 99774-4428
Wilson Igreja Campos
(27) 3331-4424
Texto de Beatriz Moreira
comunica@bandes.com.br
www.facebook.com/bandesonline

PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO É APRESENTADO DURANTE A EXPOSUL

0

O Espírito Santo terá um Plano de Desenvolvimento Regional, contemplando dez microrregiões do Estado. A medida foi apresentada nesta quarta-feira (10) pelo governador Renato Casagrande durante a ExpoSul Rural, evento de integração regional, que acontece em Cachoeiro de Itapemirim. Serão criados nove Conselhos Regionais de Desenvolvimento nos municípios interioranos. Na Grande Vitória, as ações serão realizadas pelo Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Comdevit), que reúne os municípios da Região Metropolitana.

O objetivo desses Conselhos é criar um ambiente de articulação, integração de interesses das microrregiões, a partir das vocações, desafios e oportunidades identificadas para cada área. E, dessa forma, buscar o desenvolvimento regional integrado de forma equilibrada e sustentável.

Durante a apresentação, o governador Casagrande reforçou o compromisso de sua gestão com a construção da política de desenvolvimento regional. Ele destacou que os Conselhos vão traçar as tarefas que cabem aos vários Entes envolvidos: os governos do Estado, municipais e Federal. Casagrande também apontou a necessidade de participação da sociedade. “É importante que vocês digam ao governador, prefeitos, vereadores, deputados estaduais quais são os investimentos para que a gente se esforce e faça os investimentos necessários”, disse.

Segundo Casagrande, o desenvolvimento de uma região não depende exclusivamente de um empreendimento, um investimento externo ou salvador da pátria, mas sim da mobilização local. “As pessoas daqui precisam se mobilizar em torno dos seus projetos para que a gente possa gerar oportunidade e esse é o conceito que estamos tratando aqui”, afirmou o governador.

O programa conta com a gestão conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), de Economia e Planejamento (SEP) e do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). Por meio do plano, serão criados nove conselhos regionais de desenvolvimento, para o atendimento de nove microrregiões capixabas: Central Serrana, Sudoeste Serrana, Litoral Sul, Central Sul, Caparaó, Rio Doce, Centro Oeste, Nordeste e Noroeste.

Nas palavras do governador, a agenda na ExpoSul serviu como uma primeira assembleia das microrregiões Litoral Sul, Central Sul e Caparaó, que compreende os municípios de: Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo do Sul, Anchieta, Piúma, Itapemirim, Marataízes, Presidente Kennedy, Ibatiba, Irupi, Iúna, Muniz Freire, Ibitirama, Divino São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Alegre, São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Castelo, Vargem Alta, Cachoeiro de Itapemirim, Jerônimo Monteiro, Muqui, Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul e Apiacá.

A política de desenvolvimento regional terá como diretriz o equilíbrio do desenvolvimento em todo Estado, buscando potencializar os arranjos produtivos existentes e gerar novas oportunidades. A ação de governo se orientará pela busca do equilíbrio e irá contemplar ações bem estruturadas, focadas na busca de investidores capazes de consolidar ou adensar cadeias produtivas já existentes.

“O Plano de Desenvolvimento Regional será uma ferramenta para equilibrar e nortear as ações dos eixos estratégicos do governo, contemplando todas as microrregiões do Estado. Trata-se de um plano que envolve todas as secretarias do governo e que certamente vai impulsionar o crescimento do Espírito Santo, valorizando e potencializando as características regionais”, frisou o secretário de Desenvolvimento, Heber Resende.

O subsecretário de Desenvolvimento e coordenador-executivo do Plano, Paulo Menegueli, enfatizou que “é necessário pensar nas políticas de desenvolvimento como uma política de Estado, para que tenha continuidade nas gestões futuras. Trata-se de uma ferramenta que o Governo do Estado está colocando nas mãos de cada região para que o desenvolvimento ocorra de forma equilibrada”.

Já o secretário de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, ressaltou que os Conselhos Regionais de Desenvolvimento são uma estratégia do Governo para que seja criado um ambiente de articulação e integração de interesses. “Este é o objetivo: pensar o desenvolvimento a partir de cada uma das dez microrregiões do Espírito Santo. Para que a partir daí, possamos pensar nas oportunidades, desafios e integração de todo o Estado. Uma visão sistêmica do desenvolvimento estadual passa por uma discussão, um debate, em cada uma das microrregiões”, explicou.

Metodologia

O diretor-presidente do IJSN, Luiz Paulo Vellozo Lucas, apresentou a metodologia do plano e pontuou a importância de intercâmbios com a participação de instituições de Ensino Superior: “Dessa forma, o conhecimento de pesquisadores locais será somado aos esforços do Governo, estabelecendo uma troca de informações, conhecimentos, experiências e práticas aplicadas ao desenvolvimento regional. Disseminando a informação para toda a sociedade civil e aumentando o potencial de se alcançar resultados efetivos”, explicou.

A Secretaria Técnica dos trabalhos ficará a cargo do IJSN, juntamente com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e instituições de ensino e pesquisa de cada microrregião. Coordenada pelo IJSN, uma equipe de bolsistas e  pesquisadores locais trabalhará na elaboração de estudos e propostas para os Planos de Desenvolvimento Regional de cada microrregião, consoantes com as diretrizes do Plano de Desenvolvimento Espírito Santo 2030.

Está ainda no escopo técnico dos Planos a formulação de um indicador sintético de prosperidade social para cada microrregião do Estado. “Vamos monitorar sistematicamente esses indicadores. Deste modo, na medida em que as ações vão acontecendo, vamos conseguir apresentar o quanto elas estão resultando em melhorias no dia a dia e na qualidade de vida das pessoas”, comentou Luiz Paulo.

Economia solidária

Ainda durante o evento, o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), participou da assinatura do Edital de Cadastramento Público dos Empreendimentos de Economia Solidária, que tem como principal compromisso a articulação e viabilização de parcerias e condições para implementação de projetos especiais e prioritários do Governo do Estado.

“O cadastro será a identidade da economia solidária. Os empreendimentos nele registrados passam por análise e, em seguida, recebem o Certificado de Empreendimento de Economia Solidária e uma Carteira de Empreendedor da Economia Solidária. Isso possibilitará que tais empreendimentos tenham acesso às políticas de apoio à economia solidária, como financiamento, compras governamentais, comercialização de produtos e serviços”, explicou o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho.

Também foram assinadas as portarias que reconhecem a equivalência dos Serviços de Inspeção Municipais de Castelo e Guarapari para adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar de Pequeno Porte – Susaf/ES.O Susaf/ES é um sistema que visa promover a equivalência entre os serviços de inspeção municipais (SIM) e o estadual (Serviço de Inspeção Agroindustrial de Pequeno Porte – Siapp), harmonizando os procedimentos de registro, inspeção e fiscalização das agroindústrias de pequeno porte de origem animal do Estado.

Na prática, isso significa que a comercialização desses produtores, inicialmente restrita ao município, poderá se estender ao Estado, desde que o município tenha aderido ao Susaf. Atualmente, os municípios de Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins e Santa Maria de Jetibá já possuem essa equivalência.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sedes/Aderes
Andreia Foeger / Cintia Dias
(27) 3636-9707 – 99942-9537 / (27) 3636-9708 – 99234-1291

Assessoria de Comunicação da SEP
Cláudia Feliz
(27) 3636-4258 / 99507-4071

Assessoria de Comunicação do IJSN
Larissa Linhalis
(27) 3636-8066 / (27) 99892-5291

Assessoria de Comunicação do Idaf
David Monteiro / Francine Castro
(27) 3636-3774 / 99946-7507 / 99924-0601

Clínica Mestra lança novamente “Desafio Pra Vida Toda”, com novos participantes

0
A Clínica Mestra lançou nesta segunda-feira 08 de abril, largada da nova etapa do projeto, “Desafio Pra Vida Toda”, o programa é coordenado por uma equipe de profissionais da clínica, que realizaram o desafio a um grupo de pessoas que durante 22 dias, passaram por diversos procedimentos estéticos, além de praticarem exercícios regularmente também executam  mudanças em sua alimentação.
Os resultados são animadores, onde os números coletados individualmente com cada participante, comprovam otimismo tanto individualmente como em grupo.
Ao final do desafio os resultados de perca de peso e ganho de massa muscular de todos os participantes, são apresentados e todos concorrem a diversos prêmios ofertados pela clínica Mestra e outros parceiros do projeto.

O desafio ocorre duas vezes por semana,  segunda e quarta-feira às 19:20 da noite na Academia Barra Fitness  com a coordenação da personal Carla Cover,

Os participantes também terão acompanhamento individual com a nutricionista Vera Lima que vai apresentar um plano alimentar onde alguns pontos importantes devem ser observados, como conciliar a rotina e o perfil de cada paciente.

Outra profissional que também estará acompanhando a rotina dos participantes do projeto é a psicóloga Luana Faria. A Psicologia na Alimentação abre um espaço a uma tendência crescente, nos dias atuais, de integração entre as duas áreas, potencializando o trabalho do nutricionista e gerando resultados assertivos.

SONY DSC

SONY DSC
SONY DSC
SONY DSC
SONY DSC
SONY DSC
SONY DSC

 

 

 

 

11º BPM DIVULGA ATUAÇÃO DA UNIDADE NO1º TRIMESTRE DE 2019

0

O 11º Batalhão da Polícia Militar divulgou nesta quarta-feira (10), os resultados da atuação da Unidade nos três primeiros meses do ano em curso. Com sede em Barra de São Francisco, a Unidade Operacional atende também os municípios de Água Doce do Norte, Águia Branca, Ecoporanga e Mantenópolis.
No período citado, o 11º BPM atendeu 3.608 ocorrências, abordou 10.801 pessoas e realizou 1.903 operações policiais com fiscalizações e operações de presença qualificada.
A Unidade apreendeu ainda 26 armas de fogo, 03 simulacros, reduziu em 38,46% a taxa de homicídios e em 12% as tentativas de homicídios, além de significativa redução nos crimes contra o patrimônio.
Apreendeu mais de 9 kg de entorpecentes, recuperou 16 veículos com restrição, realizou 114 atendimentos de visitas tranquilizadoras a comércios, instituições de ensino e a mulheres vítimas de violência doméstica e ministrou diversas palestras a escolas e empresas privadas.
Para o Comandante o 11º BPM, Ten Cel Rômulo Souza Dias, os resultados positivos alcançados pela Unidade são reflexo do eficiente trabalho desempenhado por todos os militares, e destacou que a Polícia Militar continuará buscando resultados ainda mais consistentes nas ações de enfrentamento à criminalidade na região.

POLÍCIA MILITAR RECUPERA PRODUTO FURTADO NA GARAGEM DA PRETTI

0

A Polícia Militar recuperou na madrugada desta terça-feira (09), duas caixas d’água, com capacidade para 5.000 litros, que haviam sido furtadas de uma empresa de transporte de passageiros, localizada em Barra de São Francisco.
O funcionário da empresa, ao iniciar a limpeza dos ônibus, notou a falta d’água e quando prosseguiu ao terreno onde ficam as caixas, observou que elas não estavam mais no local.
Em uma estrada em desuso, os militares se depararam com o veículo Ford F-1000, de cor vermelha, com as duas caixas amarradas na carroceria. Ao perceberem a chegada da viatura, dois indivíduos se embrenharam em meio ao matagal não sendo possível localiza-los.
O proprietário do veículo, afirmou aos militares que foi contratado pelos dois homens que fugiram para levar as caixas até a cidade de Mantena/MG, onde receberia o valor de R$ 300,00 (trezentos reais) pelo serviço de frete.
O material recuperado e o proprietário do veículo foram encaminhados à Delegacia da cidade.

POLÍCIA MILITAR APREENDE DROGAS NO BAIRRO COLINA, EM BARRA DE SÃO FRANCISCO.

0

Os Soldados Michel e Renilton, que trabalham na Motopatrulha em Barra de São Francisco, apreenderam na tarde de ontem (08), quinze pedras de crack e R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais) em espécie.
Após denúncia anônima de que três pessoas do sexo masculino estavam traficando na escadaria do bairro Colina, os militares prosseguiram ao local e identificaram os indivíduos com as mesmas características informadas na denúncia.
Os três indivíduos conduzidos, sendo dois deles menores de idade, são conhecidos no meio policial e foram encaminhados ao DPJ juntamente com o material apreendido.

Carreta tomba em Guarapari, ES, e carga de cerveja é saqueada

0

Ninguém ficou ferido no acidente, nem foi preso pelo saque da mercadoria, na manhã desta quarta-feira (10).

Carga foi saqueada na manhã desta quarta-feira (10) em Guarapari, no Espírito Santo — Foto: Samanta Nogueira/ A Gazeta

Carga foi saqueada na manhã desta quarta-feira (10) em Guarapari, no Espírito Santo — Foto: Samanta Nogueira/ A Gazeta

Uma carreta carregada de cerveja tombou na BR-101, em Guarapari, no Espírito Santo, na manhã desta quarta-feira (10). Depois do acidente, populares saquearam a carga e fugiram levando a mercadoria.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que o acidente aconteceu por volta das 5h30. Às 8h40, um dos sentidos da pista precisou ser interditado para destombar a carreta. O serviço durou 20 minutos e o trânsito liberado.

Ninguém ficou ferido no acidente, nem preso pelo saque da cerveja.

Suspeito de estuprar 3 cunhadas é preso no ES

0

As três irmãs afirmaram terem sofrido abuso sexual do homem, em Vila Velha. As vítimas têm 12, 15 e 20 anos.

Um homem de 30 anos foi preso, suspeito de abusar sexualmente das três cunhadas, foi preso em Vila Velha, nesta segunda-feira (8). Ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

As três irmãs, que têm 12, 15 e 20 anos, contaram os crimes à polícia. A mais velha disse que os abusos aconteceram quando ela tinha 15 anos.

“Dormia na casa da minha irmã, ela dormia no meio e minhas outras irmãs junto. Ele aproveitava e me abusava”, disse a vítima, que não vai ser identificada.

A jovem garante que tentou contar sobre os abusos, mas ninguém acreditava nela. “Não acreditavam, acreditavam mais nele do que em mim”, falou.

Vítima relatou os abusos que sofreu do cunhado aos 15 anos, no Espírito Santo — Foto: Manoel Neto/ TV Gazeta

Ela contou ainda que deixou de frequentar a casa da irmã mais velha e foi morar com um namorado, aos 17 anos. O trauma persiste até hoje. “Foi um trauma muito grande, difícil. Olhar para a cara dele todos os dias era muito difícil”, completou.

Segundo Conselho Tutelar de Vila Velha, a irmã mais nova, de 12 anos, participa de um projeto social quando não está na escola.

No horário da saída, no fim da tarde, ela disse que não queria ir embora. A equipe do projeto conversou com a menina, que desabafou. Ela contou que não aguentava mais ser molestada.

“Ela me contou que todos os dias ela estava sofrendo abuso. Ela estava sendo molestado pelo companheiro da irmã mais velha dela”, disse Maria Aparecida Gomes, conselheira tutelar.

O caso chegou ao Conselho Tutelar por volta das 17h. A conselheira conversou com as três irmãs, que contaram sobre os abusos. “A irmã mais velha diz que ela inclusive sofreu estupro por conta dessa pessoa”, completou.

A Guarda Municipal de Vila Velha foi chamada e disse que o suspeito mentiu sobre o nome para tentar não ser preso. Na delegacia, ele negou as acusações.

“Perguntamos se era a casa do suspeito e ele disse que não havia no local ninguém com aquele nome. Confirmamos com a mãe e nós efetuamos a prisão e trouxemos para o DPJ”, falou o subinspetor Francisco.


(*G1/ES)

FUTURA CRECHE ESTÁ COM OBRA PARALISADA EM BARRA DE SÃO FRANCISCO

0

Por Mazinho do Hospital

A futura creche do Bairro Irmãos Fernandes está com as obras paralisadas. Como presidente da Associação de Moradores, procurei me informar com o Prefeito, Alencar Marim (PT), e ele me disse que em breve as obras serão retomadas. A paralisação é devido à burocracia. Disse Mazinho Presidente do bairro

Este é um convênio com o Governo Federal, mas que estamos tomando todas as providências para a conclusão da CRECHE.

Lembrando que esta obra teve inicio na gestão do prefeito Luciano Pereira (Avante), e por várias vezes teve suas paralisações também por parte burocrática.

Este é antigo sonho das MÃES do Bairro Irmãos Fernandes.

Assalto a um posto de gasolina em Paulista/ Barra de São...

Policias do 11º BPM de Barra de São Francisco, foram acionados na noite desta quinta-feira, 18/04/2019, por volta das 20h30min, para atender a uma...