Início Site Página 711

2ª Noite da Festa da Colheita em Barra de São Francisco: Thalles Roberto é só pressão

0

Barra de São Francisco tem sido agraciada este ano com vários eventos promovidos por servos de Deus, usados por Ele como instrumentos, para atrair a sua presença, para ajuntar o seu povo, a fim de que todos sejam alcançados pela graça salvadora de Jesus, para que principados sejam dissipados, para que a união do povo de Deus estabeleça o seu Reino em nossa região.

A segunda noite da Festa da Colheita em Barra de São Francisco foi marcada por uma multidão que se reuniu na área do evento, para louvar ao nosso Senhor Jesus, juntamente com os integrantes da Banda Bússola, de Barra de São Francisco, e com o cantor e pastor Thalles Roberto, de Belo Horizonte, que mostrou a que veio, glorificando o nome do Senhor, ministrando e declarando salvação sobre nossa cidade, e fazendo a alegria do público com seu jeito alegre, irreverente, tocando as músicas tão conhecidas pelo público, trazendo a verdade da Palavra de Deus e mostrando a importância de consagrar a juventude a Deus, para que a seu tempo os frutos sejam colhidos.

Caravanas de várias localidades prestigiaram o evento que estará acontecendo até sábado, dia 16, e contará com a apresentação de André Valadão e Mattos Nascimento e Bandas locais: Ministério Nascidos, Nova Geração e Cia de Louvor.

Texto: Janaina C. da Gama

veja as fotos do evento:

Coronel Ricardo Barcellos se emociona ao deixar o comando do 11° Batalhão de Barra de São Francisco

0

Na manhã desta sexta-feira (15), aconteceu a solenidade de passagem de comando do 11° Batalhão da Polícia Militar de Barra de São Francisco no centro da cidade.

O Coronel Ricardo Rubens Barcellos deixa o comando do Batalhão após três anos e meio, em seu lugar assume o Tenente Coronel Nathanael Fagundes que dará prosseguimento em suas atividades no comando da polícia em Barra de São Francisco.

O comandante durante o tempo em que conduziu o 11º Batalhão conquistou muitos amigos, além de ter o respeito de todos os comandados como uma pessoa humana e de total honestidade. Emocionado Ricardo ressalta extremamente positivo o período em que ficou a frente do Batalhão e agradece a Deus por telo protegido, guardando-o e abençoando-o, em virtude dos resultados positivos alcançados.

A solenidade contou com a presença da banda de musica da polícia militar que deu um show em praça publica e após a passagem de comando todos os militares fizeram um desfile simbólico em homenagem ao Coronel Ricardo pelos serviços prestados a população de Barra de São Francisco.

Ricardo Rubens Barcellos foi promovido a Coronel, último posto da polícia militar e assumirá a diretoria dos direitos humanos da polícia militar do Espírito Santo.

Estiveram presentes na solenidade o Comandante Geral da Polícia no Espirito Santo Coronel Ronald Willian, Delegado da Polícia Civil Roberto Fanti, Diretor da Associação de Cabos e Soldados Flavio Gava, Deputado Estadual Luciano Pereira, Vice-prefeito Paulo Cesar Andrade e vários segmentos da sociedade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reprovado no Flu, garoto francisquense ‘adotado’ por Deco não desiste: ‘Sou guerreiro’

0

Até onde você vai para tentar realizar seu sonho? Maicon Souza conta que fugiu de casa, em Barra de São Francisco, no Espírito Santo, foi assaltado no Rio, dormiu quatro dias na rua praticamente sem comer, mas conseguiu ser ouvido por Deco. Sensibilizado com o sofrimento do menino de 14 anos que batalhou por uma chance de mostrar seu futebol, o apoiador o abrigou em sua casa e viabilizou uma semana de testes em Xerém. No entanto, a luta de Maicon agora continuará longe do Fluminense. Após testes físicos e treinos táticos e técnicos em campo, o garoto acabou reprovado. Mas avisou que não vai desistir.

A notícia foi dada com cuidado pelo clube. Havia a preocupação de que o insucesso no primeiro teste de verdade pudesse causar um dano psicológico. O gerente geral das divisões de base do Fluminense, Fernando Simone, afirmou que a comissão técnica das categorias base tem experiência na hora de transmitir a notícia ruim, em razão do alto número de crianças reprovadas em peneiras. Ainda assim, a cautela foi especial no caso de Maicon.

– É sempre ruim para nós. É como acabar com um sonho. Mas, ao mesmo tempo, falamos que eles podem tentar em outro lugar. Por todo o histórico do Maicon, tivemos um cuidado maior. Havia uma preocupação – afirmou o dirigente.

Fernando ainda fez questão de frisar que a maneira como Maicon chegou ao clube não foi a ideal.

– Existe uma série de procedimentos, autorizações… Foi um pedido do Deco, e nós conseguimos viabilizar todos os documentos e exames. Poderia ter dado certo, mas infelizmente não foi o caso – disse.

Se em campo Maicon revelou timidez com a bola nos pés, fora dele mostrou uma personalidade construída na marra pelas lições e tropeços da vida. O garoto assumiu ser torcedor do Vasco, mas disse ter incorporado em uma semana de Fluminense o espírito guerreiro pelo qual o clube se tornou conhecido. E é com essa vontade que ele estabeleceu um prazo para continuar em busca de seu sonho: dois anos.

– Não vou desistir. Vou tentar até  completar 16 anos. Depois sei que fica difícil. Mas acredito em mim e na luta pelos sonhos. Como vou largar isso tão facilmente? Depois de tudo isso? Foram dias dormindo na rua, sem comer… Pensava na minha mãe, pensava em voltar, mas a vontade de realizar o meu sonho sempre foi maior. Sei que existem garotos melhores do que eu, mas com orientação eu posso ser melhor do que eles. E eu vou atrás. Era vascaíno quando mais novo, mas aprendi no Fluminense a encarnar o espírito do time de guerreiros. E eu sou um guerreiro – disse.

Nossa reportagem acompanhou um dia de treinamentos de Maicon, que atua como meia, em Xerém. Durante um coletivo do Tricolor contra uma equipe da Baixada Fluminense, o garoto mostrou timidez. Teve uma boa chance, mas o chute saiu fraco. Em outro momento, tentou aplicar um lençol no marcador, sem sucesso. Sem a bola nos pés, esteve perdido taticamente e ouviu cobranças dos companheiros para ajudar na marcação. Fisicamente, estava abaixo do restante do time, dando sinais de cansaço. O melhor momento foi um bom passe para um companheiro cruzar na medida e ver o atacante marcar. No fim da atividade, admitiu que esperava mais.

– Uma pena que o chute tenha saído ruim. Mas dei um bom passe – afirmou Maicon, que treinou, por acaso, com a camisa 20, a mesma do padrinho Deco, e com um par de chuteiras novinhas compradas pelo apoiador, escolhidas pelo próprio menino.

Deco se sensibiliza, mas condena fuga e faz alerta

A história de Maicon sensibilizou Deco. Quando deixava as Laranjeiras em seu carro, no último dia 30, parou e ouviu o apelo do menino. À medida que os detalhes da fuga eram revelados, mais o apoiador se impressionava. E resolveu ajudar. Principalmente após perceber que, caso resolvesse ignorar e ir para casa, o risco de Maicon continuar longe da mãe nas ruas do Rio era grande. No entanto, Deco faz questão de mandar um alerta para outros jovens que tenham o mesmo sonho.

– Sair de casa assim não é a melhor maneira de realizar um sonho. É preciso procurar uma escolinha, alguém que possa ajudar… E não pode abandonar os estudos de jeito nenhum. Ele tem 14 anos e está no quarto ano. Deveria estar mais adiantado nos estudos. Pegar um ônibus e sair sozinho pelo mundo não dá. A coragem dele é bacana, assim como a determinação, mas não foi o jeito certo de se realizar esse sonho. Poderia acontecer algo pior – afirmou.

Quando conversou com o GLOBOESPORTE.COM, Deco não sabia o resultado da semana de testes de Maicon. Mas ele já previa que o risco do insucesso era grande, uma vez que clubes como o Fluminense reprovam milhares de garotos por temporada. E o camisa 20 já se prontificou a ajudar Maicon e sua família, principalmente no que diz respeito ao estudo.

– O futebol tem seu lado bom e ruim. Muitas vezes cria esse sonho nos meninos. Tentei falar para ele que o futebol nem sempre dá certo. É até normal que ele não passe. Por isso é preciso estudar. Agora estou esperando para ver como posso ajudá-lo. Talvez dar algum auxilio à família – disse Deco, lembrando que não teve grandes dificuldades quando iniciou a própria carreira.

Fugir de casa não é novidade para o menino

Esta não foi a primeira vez que Maicon fugiu em busca de seu sonho. Em 2010, então com 12 anos, ele diz que tentou a sorte no futebol mineiro. Ao longo dos dias, trabalhava vendendo picolé e engraxando sapatos. O dinheiro que juntava era guardado para poder conseguir comprar a passagem em busca do destino escolhido. Um deles foi Belo Horizonte. Tentou a sorte no Atlético-MG e no Cruzeiro. No Galo, recebeu uma oportunidade como a que ganhou no Fluminense. Mas o destino foi o mesmo. Meses depois, ele viajou para São Paulo, mas também sem sucesso. Até que resolveu tentar o Rio de Janeiro pela primeira vez. Ao chegar ao Flamengo, ouviu que não poderia nem tentar o teste sem a presença da mãe ou ao menos um documento assinado autorizando a entrada dele sozinho. No Botafogo e no Vasco, ouviu o mesmo. Desistiu e voltou para casa. Em vez de explicar tudo para a mãe, conseguiu a assinatura e prometeu que não fugiria, mas voltou a arquitetar o retorno ao Rio, concretizado no último dia 19. Maicon reconhece que sua atitude foi errada. – Ela não deixa mesmo. É capaz de botar alguém atrás de mim. Penso nela sempre, sei da preocupação, mas meu sonho é maior que isso. E as coisas não caem no colo. Você tem de ir atrás. Fico preocupado com ela, mas, sempre que chego nos lugares, procuro um orelhão e aviso – explicou. Cueca emprestada em Xerém O sonho ainda não foi concretizado, mas Maicon volta para casa com experiências inesquecíveis. Nem no seu sonho mais otimista ele imaginava um dia estar ao lado de um jogador consagrado como Deco. Dormir em sua casa então, soava mais improvável ainda. E jogar videogame? Essa hipótese nunca havia sequer passado pela sua cabeça. Mas tudo isso aconteceu no dia em que o camisa 20 tricolor acolheu o garoto em seu apartamento. – Nunca tinha nem entrado em uma casa de alguém com tanto dinheiro. Fiquei querendo fazer um milhão de perguntas sobre a sua carreira, sobre como ele tinha feito até chegar lá… Mas resolvi ficar quieto. Foi estranho, mas ao mesmo tempo muito legal. Jogamos videogame, que é uma coisa de que gosto muito de fazer. Mas o pessoal é muito melhor do que eu – brincou. Em Xerém, também houve situações inusitadas. Antes de um treinamento, seu companheiro de quarto o viu vestir o short sem cueca. Diante da cena, perguntou por que ele havia feito aquilo. Maicon respondeu dizendo que não tem o costume de usar cueca. – Ele riu e acabou me emprestando. Disse que não dá para treinar bem sem cueca. Aí eu tive de usar, porque realmente não é algo que eu tenha costume de fazer – brincou. Após a frustração em Xerém, Maicon voltou a Barra de São Francisco em um carro com o motorista de Deco. Preocupado com o histórico de fugas do garoto, o Fluminense também enviou um representante para se certificar de que o garoto chegaria em casa em segurança. (As informações são do globoesporte.com)

Primeiro dia da Festa da Colheita com Adriana Arydes e banda Discípulos

0

 

 

A prefeitura municipal de Barra de São Francisco promove de 13 a 16 de junho a Festa da Colheita 2012, que este ano esta repleta de atrações Nacionais da musica Gospel, no primeiro dia de evento a Banda Discipilos tirou a galera do chão com musicas onde o publico também participa.

A atração principal da noite foi a cantora Adriana Arydes que cantou seus maiores sucessos.O evento acontece na área de festa, na saída para Mantena.

Dia 13, show com Adriana Arydes e Banda Discípulos

Dia 14, Thalles Roberto e Banda Bússola.

Dia 15, André Valadão e  Ministério Nascidos

Dia, 16, Mattos Nascimento, Cia de Louvor, e Nova Geração.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Seleção Capixaba conquista o 3° Lugar no I Campeonato Brasileiro de Seleções Sub-15 Feminino.

0

Após as meninas serem surpreendidas com a defesa da seleção
pernambucana e deixando a vitórias escapar em uma virada que resultou
em um 2 x 1. Restou as capixabas irem pra cima da Seleção de Piauí,
dever cumprido, vitória fácil por 5 x 1, destaque novamente para a
atleta de Barra de São Francisco, Taiane Araujo que conquista a
artilharia do campeonato.

Alem do troféu de 3° lugar a Seleção Capixaba recebeu o troféu de Fair
Play. (materia globo esporte)

Adriana Arydes abre a Festa da Colheita nesta quarta-feira em São Francisco

0

A festa da Colheita em Barra de São Francisco promete movimentar a região leste de Minas e noroeste do espírito Santo, nos próximos dias 13, 14, 15 e 16 de Junho. O evento que tem a realização da Prefeitura Municipal da cidade, terá seu início nesta quarta-feira dia 13 onde no palco de atrações se apresentará pela primeira vez na região a cantora Adrian Paula de Almeida Arydes, ou Adriana Arydes, cantora e compsitora da música católica do Brasil.

A história da Adriana com a música católica surgiu ainda na infância, aos 7 anos de idade onde ela participava do coral da paróquia que frequentava no interior de São Paulo. O amor pela arte continuou ao longo do tempo, onde fez parte da banda Canção Nova. Seu primeiro trabalho solo foi consolidado em 1998, e hoje traz consigo uma bagagem com 8 cds e 1 DVD.

A trajetória da cantora ganhou espaço no cenário da música católica e hoje sua presença é confirmada em vários eventos por todo território nacional e agora também vem ganhando espaço no cenário internacional, onde por meio da música e do seu testemunho, leva a palavra de DEUS a todos. Um dos momentos mais marcantes em sua carreira foi em 2007, quando foi convidada para cantar para o Papa Bento VXI na sua vinda ao Brasil, fazendo com que sua voz chegasse a milhões de irmãos e fiéis.(Fonte Portal Mantena)

Região Pedras, Pão e Mel leva primeiro lugar na categoria voto popular na Expotur 2012

0

Mais de 29 mil pessoas visitaram o 8° Salão do Turismo e o 3° Salão do Artesanato do Espírito Santo (Expotur- ES 2012), realizado entre os dias 25 e 27 de maio último, na Praça do Papa, em vitória. O número é 26% maior que o registrado no ano passado, quando 23 mil pessoas prestigiaram o evento.

 

As apresentações culturais marcaram o domingo (27), terceiro e último dia de eventos. Entre os grupos estavam o Cortejo Alemão, da Região das Montanhas Capixabas, e a Lira Alfredense, da região Turística da Costa e da Imigração. O Espaço Saber Fazer também conquistou os visitantes que passavam pela feira.

Não faltou animação na entrega dos prêmios “Região Top”, realizado pelo secretário e pela subsecretaria de Estado da Cultura, Herlon Paschoal, e pelos representantes da Associação Brasileira de Agência de Viagens (ABAV) e da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado do Espírito Santo (Aderes).

As regiões turísticas concorreram em sete categorias. No quesito Criatividade na montagem dos Estandes, a vencedora foi a região Turística de Doce Terra Morena. No atendimento ao Público nos Estantes, a premiada foi a Região dos Imigrantes. Na categoria Variedades de Produtos de Agricultura Familiar, a Região das Montanhas Capixabas foi a vencedora.

No quesito Variedade de produtos de Artesanato, a ganhadora foi a Região Doce Pontões Capixabas. A Região das Montanhas conquistou seu segundo prêmio da noite no quesito Ações de Promoção de seu Destino Turístico. Em seguida, a Região dos Vales e do Café conquistou o prêmio na categoria Manifestações Culturais que melhor caracterizam sua Região.

Por fim, o premio mais esperado e decidido na categoria voto popular, a escolhida pelo público foi a Região Pedras, Pão e Mel, integrada por Nova Venecia, Vila Pavão, Barra de São Francisco, São Gabriel da Palha e Ecoporanga, ficando em primeiro lugar com 20% do total dos votos apurados (114 dos 557 ao todo). Em segundo ficou a região de Doce Terra Morena.

Para o secretário de Estado do Turismo, Alexandre Passos, O sucesso do evento destaca a boa posição ocupada pelo Espírito Santo na promoção do turismo. “O evento se consolida a cada edição e integra o calendário anual de atividades do Estado, nos aproximando das grandes feiras do setor no Brasil”, afirmou.

Vigilância Sanitária multa laboratório por descartar lixo em local inadequado

0

A Vigilância Sanitária de Barra de São Francisco multou o Laboratório Pontes, localizado no centro da cidade. O laboratório foi autuado depois que resíduos de materiais usados em exames foram encontrados em caixas em baixo da escadaria da rua mineira. A multa foi fixada em 50 UR (o equivalente a pouco mais de mil reais).

Consta no auto de infração 00223, datado de 21/05/2012, que gerou o processo interno nº 268/2012, que o Laboratório Pontes, de Propriedade de Michael Pontes, foi multado com base na lei nº 2066/99, Art. 63, parágrafo 5º; lei nº 049/97, Código Sanitário Municipal, Art. 70, parágrafo único e pela lei complementar nº 05/2008, Art. 179, parágrafo 1 e 2.

O proprietário do laboratório, Michael Pontes, não vai recorrer. Ele já acatou a multa e disse a Coordenadora da Vigilância Sanitária, Alcinete Magda de Melo, que vai buscar informações sobre o porquê do lixo ter sido destinado inadequadamente.

fonte  www.sitebarra.com.br

É resto humano de exame laboratorial, é risco 1, penalidade gravíssima, o material que é recolhido para exame pode conter vestígios de doenças e o fato do material estar em via pública, perto de residência torna o quadro ainda mais agravante. O lixo encontrado lá foi encaminhado no dia seguinte para um incinerador em Vitória.” Esclareceu Alcinete.

No lixo havia sangue, coletado para exame, fezes, seringas e sacolas do laboratório, em Barra de São Francisco e de um outro laboratório em Mantena, que ajudaram a vigilância sanitária a identificar o infrator.

Procuramos por Michael Pontes, no laboratório em Barra de São Francisco, mas ele não foi localizado para falar sobre o assunto. A bioquímica responsável disse que não tem ideia de como o lixo foi parar no local.

Povo e autoridades prestigiam pré-convenção de lançamento de Alencar Marim

0

O PT (partido dos trabalhadores) de Barra de São Francisco realizou a sua pré-convenção neste sábado, 09, na antiga Associação Banestes, no Bairro Campo novo, para o lançamento oficial da pré-candidatura de Alencar Marim a prefeito do município, no dia 07 de outubro. O encontro contou com as presenças de Perly Cipriano, Guilherme Lacerda, José Roberto Dudé, senadora Ana Rita, deputado estadual Genivaldo Lievore (PT), prefeito Waldeles Cavalcante (PSC), Paulo Cesar Andrade, o Paulinho Caipora (PMDB), Aloísio Alves (PDT)), Pastor Renato (PRB), José de Araújo, o popular Gazeta (PTN), ex-deputado estadual Baioco, ex-prefeito de Ecoporanga Pedro Costa (PT), o vereador Quenidio, de Barra de São Francisco, e vereadores de Mantenópolis e São Domingos do Norte, além de vários pré-candidatos a vereadores de várias siglas partidárias.

A abertura se deu com o Hino Nacional e muito fogos de artifícios que se estendeu por todo o dia e se encerrou logo após a reunião. Os trabalhos foram coordenados por Junior Borém e cerca de 300 pessoas prestigiaram o encontro, dentre as quais representantes de associações, escolas e professores.

O presidente do PT, Valmir Xavier abriu os trabalhos dizendo que está participando do processo eleitoral desde o ano passado. Segundo ele, isso representa a democracia, deixando claro que a pré-candidatura de Alencar Marim é uma realidade, lembrando que ele é ficha limpa.

Pastor Renato, presidente do PRB: Vamos caminhar juntos e trabalhar dia e noite, rasgar sola de sapato para eleger Alencar Marim. Avaliei a cidade e todo o interior e que Barra de São Francisco vive a 30 anos sendo administrada por duas famílias. Precisamos mudar esta pagina, pois o Alencar está pronto e preparado para administrar a cidade. O Waldeles está enfrentando sérios problemas por culpa de vários ex-prefeitos e que a situação do município precisa ser resolvida. O povo quer alternativas de mudança e vamos de casa em casa pedir ajuda do povo para elegermos Alencar Marim.

Aloísio Alves, Presidente do PDT: O Alencar Marim é a mola mestre nesta campanha e queremos fazer uma campanha limpa, estamos abertos ao diálogo, pois ninguém faz campanha sozinho. Barra de São Francisco está sofrendo e ninguém é salvador da pátria. Se não pintar forças ocultas, o Alencar Marim será o futuro prefeito de barra de São Francisco.

Paulinho Caipora, vice-prefeito do PMDB, representando o presidente do partido, vereador Adilton Gonçalves: O Alencar Marim é meu amigo, meu vizinho e vestiu a camisa como secretário de Ação Social, então porque ele não pode administrar Barra de São Francisco? Não admito alguém dizer que é o salvador da pátria, somente Deus é capaz de tudo. Temos que pensar grande e renovar na política de nossa cidade.

Perly Cipriano: O Alencar Marim tem o apoio da deputada federal Iriny Lopes (PT), da direção estadual do partido, dos deputados estaduais do PT, do ex-presidente Lula e da atual presidente Dilma. O Alencar Marim tem capacidade, inteligência e visão para administrar Barra de São Francisco. Ele vai à luta sim, mas com os princípios da família e da educação, respeitando a tudo e a todos, inclusive os adversários. O Alencar Marim deve procurar ampliar sua base de apoio, convidando a todos para participar desse grupo, respeitar a decisão dos eleitores, conversar com todos os segmentos da sociedade e discutir proposta de governo com a população.

Guilherme Lacerda: O Alencar Marim está com uma força muito grande, a população de Barra de São Francisco precisa de você e dos seus projetos. O Alencar é um rapaz jovem, não está sozinho e já provou que tem capacidade pelos inúmeros elogios ditos nesta reunião de hoje. Gostei de ouvir os companheiros e vamos com muita humildade rumo às eleições em 07 de outubro.

Genivaldo Lievore, deputado estadual (PT): Vim trazer o meu apoio e o da bancada petista na Assembleia Legislativa ao Alencar Marim, que está preparado para administrar Barra de São Francisco e estaremos juntos nesta caminhada.

Waldeles Cavalcante, Prefeito (PSC): Estamos felizes em estar aqui hoje e parabenizar ao meu amigo, companheiro e secretário de Ação Social Alencar Marim. Agradeço a sociedade local por estar aqui neste momento e com a presença das famílias. Estamos administrando o município com várias mulheres como secretárias, pois em nosso governo as mulheres tiveram a oportunidade de mostrar o seu trabalho. Barra de São Francisco é o município que mais gerou emprego nos últimos anos e temos cerca de 700 crianças sendo assistidas através de projetos importantes justamente na área de ação social. Não nos esquecemos dos jovens e juntamente com o Alencar Marim, estamos olhando para a 3º idade. Muita coisa mudou para melhor em nossa administração, avançamos muito, hoje não temos menores perambulando pelas ruas pedindo uns e outros. Estou de coração aberto e feliz por estar ao lado de tanta gente importante. Vamos superar as dificuldades, o PSC está aqui para superar as dificuldades e dizer que estou disposto a contribuir com a coisa boa para Barra de São Francisco.

Ana Rita, Senadora (PT): Parabéns ao prefeito Waldeles pela administração que tem feito, pois é tão bom ouvir vocês falando bem do Alencar Marim, no trabalho que ele fez e que está sendo reconhecido por todas as autoridades e partidos políticos de Barra de São Francisco. Obrigado ao prefeito pela oportunidade dada a Alencar Marim, pois esta união será também no futuro e estaremos juntos com o Alencar Marim nesta caminhada e com toda certeza vou voltar a esta cidade para pedir votos para o Alencar.

Alencar Marim, pré-candidato a prefeito: Construir uma pré-candidatura é muito complicado, dá muito cansaço, mais tenho muitos amigos, estes, por exemplo, que estão aqui neste momento e muitos outros que não puderam estar aqui hoje. Agente supera e podemos sim governar Barra de São Francisco. Não estamos sozinhos nesta luta e nem impomos nossa candidatura. Temos a força de todos, tenho um enorme carinho pelo Waldeles, pois ele confiou em nosso trabalho. Esta caminhada é longa, caminhada esta que será vitoriosa. Agradeço a minha esposa pela compreensão e ela está madura para me ajudar a enfrentar esta longa jornada. Nosso projeto começou quando fui diretor da Escola Família Agrícola até chegar à secretaria de Ação Social. Nossa pré-candidatura não surge de imposição, estamos participando de reuniões com todos os partidos e ao longo das conversações surgiram vários nomes até se chegar ao meu.

Neste período todo fomos afunilando e aperfeiçoando e o nosso nome foi surgindo, ganhando força e esta candidatura não é somente minha, ela veio através de propostas de governo e uma delas é em relação a divida do município. Temos que encontrar soluções para resolver esta questão.

Avançamos muito em várias áreas da prefeitura, mas precisamos avançar muito mais ainda. No governo passado os funcionários ficaram até três meses sem receber salários e hoje a nossa administração paga rigorosamente em dia. Temos que criar um conselho para discutir junto com a sociedade sobre os problemas de nosso município. Somos pessoas da paz e vamos transformar e mudar a história de Barra de São Francisco.

Após o encerramento da reunião foi oferecido um coquetel VIP, além de frutas e refrigerantes a todos os presentes.

fonte www.gazetadonorte.com

 

Finalmente Enivaldo cede pressões de amigos, políticos, correligionários e simpatizantes para se lançar candidato

0

Carlos Madureira * texto

Apesar de resistir e apenas colaborar para a escolha de um nome para concorrer as eleições para prefeito nas eleições de outubro deste ano, o ex-conselheiro do TC-ES, Enivaldo dos Anjos já teria cedido pressões de amigos, correligionários, políticos e simpatizantes, para disputar o pleito próximo. O lançamento deverá acontecer nos próximos dias, quando o PSD, partido que ele preside, irá realizar uma grande concentração, reunindo o povo para um dos momentos mais aguardados dos últimos tempos

Enivaldo estaria apenas aguardando um sinal verde do governador Renato Casagrande para iniciar o processo que o levará até a convenção do partido, para sacramentar seu nome. Além disso, Enivaldo deseja até lá, ter também fechado um acordo com diversos partidos políticos, que são simpáticos a sua candidatura, para deles escolher o candidato a vice-prefeito.

Essa escolha do nome do vice-prefeito, poderá culminar com a reviravolta em acordos políticos já firmados entre algumas agremiações, tendo inclusive alguns partidos já consolidado apoio aos dois pré-candidatos já lançados: Luciano Pereira (DEM) e Alencar Marim (PT). Com o nome de Enivaldo no pleito, é provável que alguma das partes ceda e não concorra para a sucessão do prefeito Waldeles Cavalcante (PSC)