SOBE PARA 80 NUMERO DE CASOS CONFIRMADOS DE MALÁRIA EM BARRA DE SÃO FRANCISCO E VILA PAVÃO

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
adfdafadfafda

 Somente em Vila Pavão são 62 casos registrados pela Secretaria de Estado da Saúde; uma pessoa veio a óbito pela doença. Em Barra de São Francisco o numero de casos confirmados subiu para 18 em Assentamento Três Corações (área rural)

Vila Pavão – A Secretaria de Estado da Saúde confirmou 80 casos de malária, no balanço divulgado nesta terça-feira dia (7). Do total, 62 foram registrados em Vila Pavão, 18 em Barra de São Francisco e um levou o paciente a óbito.

 Barra de São Francisco- A prefeitura municipal por meio do Setor de Vigilância em Saúde, está enviando agentes para a localidade de Assentamento Três Corações, que fica há 60 Km da sede, em busca de melhor orientar a população. Além disso, os agentes estão realizando pulverização com inseticida e circulando com o carro fumacê pelas ruas da comunidade.

A  Sesa reforça que não há vacina contra malária, mas existem várias medidas de proteção individual que podem ser adotadas pela população para reduzir a possibilidade da picada do mosquito transmissor da doença, como usar repelente, cortinados, mosquiteiros e telas em portas e janelas; evitar frequentar locais próximos a criadouros naturais de mosquitos, como beira de rio ou áreas alagadas ao final da tarde até o amanhecer; usar calças e camisas de mangas compridas e cores claras.

Município decreta situação de emergência

A Prefeitura de Vila Pavão decretou Situação de Emergência em Saúde Pública, em razão do surto de malária na cidade. Também foi criada uma Sala da Situação, com o objetivo de monitorar as ações administrativas de combate ao problema. Além disso, foi ampliada o número de servidores no combate e monitoramento da malária.

Como consequência disso, Vila Pavão que iria realizar a tradicional Festa Pomitafro, reunindo descendentes de pomeranos, italianos e africanos, resolveu via Prefeitura Municipal, adiar o evento em decorrência dos casos verificados de malária no município.

O decreto, assinado na segunda-feira (6) pelo prefeito Irineu Wutke, tem validade de 180 dias e autoriza ainda, a adoção de medidas de contenção do surto, especialmente, a aquisição pública de insumos, materiais e serviços. Segundo a equipe que monitora a doença, existem focos de malária nas localidades de Conceição do Quinze, Praça Rica, Córrego do Estevão e Córrego Paraíso, no interior do município.

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *