Soldado pede ajuda na web para tratamento de câncer raro na boca

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
19198432_1582219511810887_60508694_n

O soldado começou a perder os dentes há um ano e mesmo com tratamento odontológico não descobriu a causa do problema, veja como ajudar na vaquinha online

Um soldado da Polícia Militar do Espírito Santo pede ajuda para tratar um câncer raro na boca. Wesley Costa Lima, conhecido como soldado Lima, descobriu a doença enquanto fazia um tratamento odontológico. Sem conseguir um tratamento especializado no Espírito Santo, ele agora busca recursos para iniciar o tratamento no Instituto Nacional de Câncer (INCA) no Rio de Janeiro, onde conseguiu uma consulta.

Comovido com a situação do soldado, Maxson Luiz da Conceição, presidente da Associação Geral dos Militares, criou uma campanha em um site de financiamento coletivo após ficar sabendo da história. Ele explica que Lima começou a perder os dentes há um ano e mesmo com tratamento odontológico não conseguiu descobrir a causa do problema. Foi pedida uma biópsia, na qual descobriram um tumor maligno.d

De acordo com Maxson, o soldado está afastado da corporação, o que diminuiu o salário dele, deixando-o sem condições de arcar com os custos da viagem e do tratamento, avaliados em R$ 100 mil, valor pedido na vaquinha. “Ele está afastado da polícia e o salário foi reduzido. O custo com medicação, exames e tudo isso já saiu do bolso dele com custos altos”, conclui.

Na descrição do financiamento coletivo os autores também informam sobre a situação financeira vivida pelo soldado. “A cirurgia é complicada e cara. A hospedagem dele no Rio de Janeiro (onde fica o INCA) também é custosa. Além disso, ele está fora das escalas de serviço extra, que rendem boa parte da remuneração de um soldado”. Há ainda o pedido de apoio e orações por parte de quem visualiza a campanha.

O presidente da Associação conta ainda que a vaquinha onlinetem sido compartilhado por diversas pessoas, incluindo policiais. Ele revela que algumas pessoas desconfiam da história, mas eles procuram explicar a situação, porém, há quem ajude divulgando a informação ou doando.

No vídeo disponibilizado na descrição da vaquinha, Wesley agradece as pessoas que estão ajudando. “Eu não sei como expressar essa moral que vocês estão me dando. Cada dia que passa eu estou tendo uma experiência maior com Deus. Eu tenho certeza que ele está usando vocês para me dar essa força”, disse.

O soldado afirma que irá lutar para que o tratamento seja bem sucedido. “Eu vou lutar muito para corresponder ao tratamento e assim que eu melhorar eu quero retribuir essa força que vocês estão me dando”, finaliza.

O câncer na boca é geralmente atribuído ao uso de tabaco, uso abusivo de álcool e infecção por papilomavírus humano (HPV). No entanto, segundo o presidente da Associação Geral dos Militares, ainda não se sabe o que pode ter provocado o câncer no soldado.

Olá amigos, o SD PM LIMA está com um câncer raro na boca.

Há mais de um ano, os dentes dele começaram a amolecer. Depois de o tratamento odontológico falhar, resolveram fazer uma biópsia e descobriram um tumor maligno (rabdomiossarcoma).

Nenhum hospital no Estado pode assistir nosso amigo que conseguiu uma consulta no Instituto Nacional do Câncer – INCA.

A cirurgia é complicada. A hospedagem dele no Rio de Janeiro (onde fica o INCA) é custosa. Além disso, ele está fora das escalas de serviço extra, que rendem boa parte da remuneração de um soldado.

O INCA é um hospital público, porém não se sabe reamente se este hospital podera fazer todo o procedimento ou parte dele, e pode ocorrer de não poder fazer nada, assim como foi aqui no Espírito Santo, assim o “vaquinha” tem o objetivo de arrecadar fundos para custear despesas com hospedagem e outras despesas que surgirem e caso seja necessário fazer tratamento particular aqui no Brasil ou no Exterior o valor arrecadado será usado para este fim.

Ele precisa da nossa ajuda em oração, em apoio e financeira.

Quem puder e estiver perto dele ou da família, apoie. Quem puder, ore. Quem puder, contribua.

Segue abaixo as contas que o LIMA passou para fazermos as nossas contribuições.

Banco do Brasil Ag: 1240-8 Cc:148138-X

C. Econômica Ag:3025 Poupança: 00016692-4

Sebastião Monteiro de Lima CPF: 03816508200

Peço as orações dos irmãos em prol desse jovem soldado da polícia militar ES. Olha a situação de sofrimento dele. E tem gente querendo ser muita coisa nessa terra. Vamos orar por ele!! Nos ajudem a levantar um clamor por ele nas igrejas. Deus nos abençoe. (Repassando)

Confira o vídeo

12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *