Suspeito de esfaquear namorada é preso na Serra, ES

0

Mulher foi morta com uma facada no peito na madrugada desta quarta-feira (16). Suspeito foi detido horas depois na zona rural da Serra e levado para a delegacia.

Wiliam Douglas Soares Rodrigues, de 28 anos, é suspeito de matar a namorada no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Wiliam Douglas Soares Rodrigues, de 28 anos, é suspeito de matar a namorada no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

O homem de 28 anos, suspeito de esfaquear e matar a namorada na Serra, Espírito Santo, foi preso horas depois do crime, nesta quarta-feira (17).

Segundo a polícia, um equipe recebeu a informação de que Wiliam Douglas Soares Rodrigues estava escondido em um sítio entre os bairros São Diogo e Cascata, na zona rural da Serra.

Os policiais foram até o local e prenderam o homem. Ele tinha fugido do local do crime com o celular da vítima.

Crime

Carla Cristina Rangel Rodrigues, de 25 anos, foi morta no meio da rua na frente do filho (dela com o suspeito), no bairro São Marcos II, na Serra.

Local onde Carla foi morta no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Local onde Carla foi morta no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

A mãe do suspeito disse foi ele quem matou a namorada. Ela presenciou a briga do casal e o momento do crime.

“Não deu tempo para nada, eu puxei ela, e ele puxava ela de volta. Eu não olhei, mas quando o Samu chegou eu vi o furo no peito dela”, disse a mãe do suspeito.

Wiliam Douglas Soares Rodrigues, de 28 anos, e a namorada, Carla Cristina Rangel Rodrigues, de 25 anos. Ela foi morta com uma facada no peito no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ Arquivo PessoalWiliam Douglas Soares Rodrigues, de 28 anos, e a namorada, Carla Cristina Rangel Rodrigues, de 25 anos. Ela foi morta com uma facada no peito no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

Wiliam Douglas Soares Rodrigues, de 28 anos, e a namorada, Carla Cristina Rangel Rodrigues, de 25 anos. Ela foi morta com uma facada no peito no Espírito Santo — Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

A briga começou por volta das 3h. A mãe do suspeito contou que a nora foi dormir na casa dele. Os dois começaram a brigar dentro de casa por ciúmes de mensagens no celular.

“Foi ciúme. Eu acho que é ciúme por causa de negócio de celular. Ele estava falando sobre mensagem. Ela abriu uma conta sem pedir ele”, disse a mulher.

Em seguida, os dois foram para fora da residência e continuaram a discussão. O homem matou a mulher com uma facada no peito no meio da rua.

Carla e William têm um filho, continuava namorados, mas moravam em casas separadas. Os dois estavam juntos há sete anos.