Vídeo*Polícia identifica suspeito de atropelar professora e amigo da família no Norte do ES

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
geonesprofessora01-1

Polícia identifica suspeito de atropelar professora e amigo e família diz: “queremos justiça”; vídeo

Além da professora Dulcinéia Leão Coutinho, de 36 anos, o motorista da F4000 também atropelou um amigo dela, Geones Correa, que está internado no HGL.

Informações Site de Linhares*

acidente-no-interlagos-quase-arranca-pernas-de-professora-motorista-fugiu-sem-prestar-socorro-1As polícias Civil e Militar identificaram o principal suspeito de atropelar a professora Dulcinéia Leão Coutinho, de 36 anos, e o seu amigo Geones Correa, de 27, na madrugada deste domingo (23) no bairro Interlagos. De acordo com o chefe da Delegacia Regional de Linhares, Walter Barcelos, as equipes de investigações atuaram durante todo o dia de ontem a fim de encontrar o jovem e intimá-lo a prestar esclarecimentos sobre o caso. Buscas foram realizadas, sobretudo, nos bairros Araçá, Interlagos e Novo Horizonte, na tentativa de localizar além do suspeito, o carro que ele conduzia, uma F4000 de core preta. Barcelos não informou se o jovem possui antecedentes criminais. O nome do suspeito não foi divulgado para não atrapalhar as investigações já que ele está foragido. Dulcinéia está internada no CTI do Hospital Rio Doce, e Geones, no HGL.
policia-identifica-suspeito-de-atropelar-professora-e-amigo-e-familia-diz-queremos-justica-videoO irmão da professora, o diretor escolar Marcos Antônio Leão Coutinho, de 38 anos, e o namorado dela, o cantor Jeferson Malacarne, de 27, estiveram na manhã desta segunda-feira (24) para visitar Dulcinéia no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Rio Doce, e pediram justiça. Eles souberam do acidente por intermédio de amigos e não imaginavam a gravidade do caso. “Sabemos que a justiça é lenta, mas, esperamos que ela aconteça e pessoas como a que causou esta tragédia seja retiradas do convívio da sociedade”, disse Marcos. Ele elogiou o trabalho das polícias Civil e Militar diante do caso e pelo carinho que vem recebendo dos moradores de Linhares e Sooretama. Dulcinéia atuava em quatro unidades de ensino.
policia-apreende-carro-que-teria-atropelado-professora-e-amigo-em-borracharia-no-bairro-shell-video-1“Não imaginávamos que minha irmã era tão querida. Queremos elogiar o trabalho das policiais civil e militar que não medem esforços para localizar e prender o jovem que causa este sofrimento a nossa família”, disse. O namorado de Dulcinéia disse que a ficha ainda não caiu. Ele não estava com ela no momento do acidente. “Só peço a Deus que ela saia dessa com vida e que este jovem pague pelo que ele fez. Estaremos aqui para dar forças a ela”, disse bastante emocionado.
De acordo com informações extraoficiais, o suspeito já possui passagens pela polícia por furto e tráfico de drogas, além de ser o autor de outro atropelamento. Na semana passada a casa do suspeito foi alvo de uma ação policial em decorrência de denúncias associadas ao tráfico de drogas. Ele fugiu do local do acidente sem prestar socorro ás vítimas.
Dulce e Geones foram atropelados quando saíam de um bar no Interlagos.
“Ela está consciente”, destaca médico
De acordo com o diretor técnico da unidade, o médico Ronaldo de Souza, o estado de saúde da professora é estável e inspira cuidados. Além da perna esquerda amputada, ela teve quatro costelas fraturadas e no momento não há necessidade de nenhuma intervenção cirúrgica. Dulcinéia respira sem a ajuda de aparelhos, se alimenta normalmente e está consciente. “Estamos atentos para evitar uma lesão no pulmão. Se tudo correr normalmente amanhã ela terá alta do CTI e será transferida para um quarto”, destacou Ronaldo.
De acordo com a Prefeitura de Linhares o paciente Geones Correa segue internado no HGL e o estado de saúde dele é estável. Os familiares do jovem lutam para conseguir uma vaga no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Rio Doce. De acordo com a namorada de Geones, Raiane Pavani Smarsaro, ele passará por uma tomografia na tarde desta segunda-feira (24). “Ele precisa ser transferido e estamos buscando ajuda para isso”, disse.
Polícia pede ajuda da população
As polícias Civil e Militar destacaram que ficaram indignadas com o caso e que trabalham para dar uma resposta a sociedade de Linhares e Sooretama. Eles pedem ajuda da população para informações que possam ajudar na localização do principal suspeito da tragédia através dos telefones 190 e 181. A ligação é gratuita e não precisa se identificar.
O acidente
Quando se preparava para ir embora de um bar na madrugada deste domingo (23), a professora Dulcinéia Leão Coutinho, de 36 anos, foi brutalmente atropelada pelo condutor de uma F4000 de cor preta. Ela estava na companhia de um amigo, Geones Correa, que também foi atingido e está internado no Hospital Geral de Linhares (HGL). Dulce, como é conhecida, foi socorrida pelos profissionais do Corpo de Bombeiros e Geones por populares.
De acordo com informações da Polícia Militar, o condutor da F4000 trafegava em alta velocidade pela Rua José Bonifácio e curvou em alta velocidade no cruzamento da Avenida Quinto Bocaiúva, quando atropelou as vítimas. Ele imprensou a professora entre o seu próprio veículo, um Pálio branco, que estava estacionado nas proximidades do bar, e a F4000. Para fugir do local, o suspeito deu a marcha ré e passou por cima das pernas de Dulce.
Após o acidente o motorista da F4000 teria atingido outros veículos estacionados no local. As fotos e vídeos são do Site de Linhares.
12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *