Vila Velha, lidera o volume de lançamentos no Espírito Santo

0

Estado vem registrando crescimento no mercado imobiliário

Foto: Pixabay

Na hora de buscar um imóvel no Sudeste, olhar para as opções disponíveis no Espírito Santo pode ser o segredo para um negócio de sucesso. Isso porque o mercado imobiliário do estado não para de crescer, com o lançamento de novos imóveis muito bem localizados e equipados. Mas se engana quem pensa que os destaques ficam com a capital Vitoria. É só chegar mais perto para descobrir que o verdadeiro sucesso nos resultados é cidade litorânea de Vila Velha.

Localizada a apenas sete quilômetros da capital do estado, Vila Velha é a opção perfeita para quem busca conciliar o acesso a serviços e oportunidades da cidade grande com a tranquilidade e o contato com a natureza que o litoral proporciona. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são 493.838 mil habitantes, que fazem este ser o segundo município mais populoso do Espírito Santo, com um bom desenvolvimento econômico e social. Este índice gerado cada uma movimentação cada vez maior na cidade e com isso, tem crescido o investimento na região.

Em números, a cidade de Vila Velha registrou a maior valorização do estado do Espírito Santo com aumento de 1,4% nos imóveis. Esta é a terceira maior valorização de todo o Brasil nos meses de janeiro a julho de 2018 conforme o levantamento realizado pelo Índice FipeZap. Neste mapeamento, Vila Velha fica atrás apenas das cidades de São Caetano do Sul (SP) e São Paulo (SP). Ao todo são 20 cidades brasileiras analisadas e no Espirito Santo, Vitória e Vila Velha aparecem no estudo.

E claro que esta projeção também se reflete no interesse de compra do consumidor. A Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi-ES) realizou uma pesquisa durante o Salão do Imóvel e descobriu que 55% dos visitantes preferem morar em Vila Velha, logo atrás aparecem as cidades de Serra e Vitória. Outro dado, agora do 26° Censo Imobiliário do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Espírito Santo (Sinduscon-ES) aponta que Vila Velha também lidera no ramo de construções, registrando mais obras do que as cidades de Vitória, Serra, Cariacica, Guarapari e Viana juntas. Agora que você já conhece um pouco mais do mercado imobiliário do Espírito Santo, veja quais os principais motivos para a alta na procura por imóveis em Vila Velha:

Localização privilegiada

Um dos principais aspectos que influenciam na busca pela cidade com certeza é os endereços dos empreendimentos. Os bairros de Vila Velha estão entre os mais bem localizados e em sua grande maioria apresentam proximidade para com os centros comerciais da região. Entre os principais bairros da cidade podemos citar o Itapoá, onde é de fácil acesso estabelecimentos como hospital, mercados, shopping, universidade e claro, a praia. Tudo isso sem precisar se deslocar, com muitas horas desperdiçadas no trânsito. Outro destaque é o bairro Ataíde, próximo aos principais corredores viários como a Avenida Carlos Lindenberg. Já a Praia da Costa é considerado um dos mais nobres do Espirito Santo. São diversos apartamentos de alto padrão localizados na beira da praia e claro acesso a vias importantes como Champagnat, Hugo Musso, Henrique Moscoso, Doutor Olívio Lira e Afonso Pena. Já para quem busca um espaço para aproveitar com a família, a dica é o bairro Praia da Itaparica, um dos mais novos da cidade. Conta com 5 km de praias, com quiosques e atrações turísticas.

Qualidade de vida

Outra característica importante da cidade de Vila Velha para atrair investidores e possíveis moradores é a qualidade de vida que oferece. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da cidade está registrado em 0.8, considerado o segundo maior do Espírito Santo e um dos mais elevado de todo o Brasil. Para chegar a este resultado são analisados fatores como idade média dos moradores, que tem a média em torno dos 85,4 anos no estado. Além de itens como saúde, educação, meio ambiente e claro, segurança. O Espirito Santo num geral, é o estado que apresenta o menor registro de mortalidade do Brasil. Ou seja, a cada mil crianças que nascem, apenas oito morrem até de completar um ano. Para a elevação da expectativa de vida é levado em conta hábitos de alimentação e modos de vida. Neste sentido as politicas públicas de Vila Velha investem para o bem-estar de seus habitantes. Os moradores da cidade contam com academias ao ar livre e também ciclovias para a prática de exercícios. Isso também soma com algumas características naturais da região como temperaturas médias anuais entre a mínima de 24 graus e a máxima de 28 graus, que contribuem junto a rotina. Também tem a questão da presença da Mata Atlântica na região, o que faz de Vila Velha uma cidade arborizada e com a presença da natureza também com as belíssimas praias, que atraem visitantes todos os anos.

 

Condições de investimento

E claro que para falar de mercado imobiliário também é preciso conhecer as opções de investimentos disponíveis. Vila Velha conta com diversas áreas propícias para a construção de imóveis, principalmente aqueles que estão ligadas a prestação de serviços como restaurantes, shoppings, quiosques, lojas, entre outras opções. E o resultado aparece nos números. Novamente segundo o censo do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Espírito Santo (Sinduscon-ES), 75,44% das 14.759 unidades em construção no município já estão vendidas. Isso revela que a relação entre a oferta e a procura está equilibrada, a aproximadamente, 10 anos. São opções para investidores com diferentes faixas de renda e a possibilidade de continuar crescendo com o passar dos anos, em virtude da quantidade de terrenos que vem sendo ofertados. Dentre as opções mais procuradas, aparece apartamento em Vila Velha, com opções de a partir de R$ 350 mil. Além disso, diferenciais como a proximidade com o mar, a oferta de serviços e preço do metro quadrado são atrativos que fazem a diferença na busca por quem pretende investir.

 

 

 

Gostou do post? Não deixe de compartilhar em suas redes sociais