Americana envenena os quatro filhos e esfaqueia ex-marido no dia de Natal

0
Connie Villa foi presa assim que recebeu alta do hospital Casa Grande Police Department/AP
Connie Villa foi presa assim que recebeu alta do hospital
Casa Grande Police Department/AP

A norte-americana Connie Villa, de 35 anos, foi presa no domingo (29) acusada de envenenar seus quatro filhos e esfaquear o ex-marido na última quarta-feira (25) em seu apartamento, em Casa Grande, Arizona, Estados Unidos. Um de seus filhos acabou morrendo.

Segundo a polícia local, Connie foi acusada formalmente pela morte de sua filha de 13 anos, Aniarael Macias, cujo corpo foi encontrado pelas autoridades, no dia de Natal, no banheiro do apartamento da família.

De acordo com a emissora ABC, Connie chamou seu ex-marido para passar em seu apartamento no dia 25. Assim que ele chegou, ela o esfaqueou nas costas. Adam Villa conseguiu escapar até o carro. Ele dirigiu até um hospital próximo e, em seguida, chamou a polícia.

Vítimas indefesas: bebês são expostos à crueldade dos adultos no mundo todo 

 

 

Fúria em casa: pais maltratam e matam seus filhos

Quando os oficiais chegaram à casa, encontraram a mulher com as facas nas mãos apontada para o peito — ela apresentava marcas de facas no próprio corpo.

Além da adolescente morta, a polícia encontrou no local outras três crianças, de três, cinco e oito anos, que não apresentavam ferimentos visíveis e foram levados ao hospital.

Testes de laboratório indicaram traços opiáceos no sistema sanguíneo das crianças. Os policiais trabalham com a hipótese de que a mãe estava tentando envenenar seus filhos. Uma autópsia realizada em Aniarael no sábado (28) teve resultados inconclusivos.

“Estamos agora esperando o resultado da toxicologia [da adolescente] para determinar [a causa da morte], disse Thomas Anderson, porta-voz da polícia local.

— Evidências encontradas na cena do crime e entrevistas coletadas nas investigações indicam que Aniarael provavelmente recebeu [da mãe] algum tipo de medicamento de prescrição.

Adam e Connie estão recebendo tratamento médico em hospitais diferentes da região. Adam é pai das três crianças menores. Segundo a polícia, o pai biológico de Aniarael está colaborando com as investigações.

As três crianças já deixaram o hospital e foram para a casa de parentes de Adam.