Audiência Pública marca o início do Programa Pet Vida, que ofertará castração gratuita de cães e gatos no município

0

Uma Audiência Pública realizada na noite desta quarta-feira (10), na Câmara de Vereadores pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, lançou oficialmente o Programa Estadual de Bem-Estar Animal – Pet Vida, que na primeira fase pretende ofertar castração gratuita para cães e gatos domésticos de pessoas em condições de baixa renda, além dos abandonados que forem adotados.

Iniciado às 18 horas, a audiência contou com a presença do Secretário de Saúde, Elcimar de Souza Alves, que representou o prefeito Enivaldo dos Anjos; da Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Lislei Moreira Batista; da Médica Veterinária e Assessora Técnica do Programa Pet Vida da Secretaria de Meio Ambiente, Luana Rodrigues Muniz; do Médico Veterinário da clínica que realizará os procedimentos de castração nos animais, Matheus Ferreira Cardoso; da Coordenadora do CadUnico, Sueli Godoy; do Subsecretário de Comunicação, Reginaldo Monteiro de Souza; do Subsecretário de Cultura e Turismo, Vaury Alves Profirio, do Secretário de Esporte e Lazer, Osmar Valério Possatti; do Sargento Gomes da Polícia Militar Ambiental, de representantes da Ong Proteção a Animais de Rua (PAR) e demais representantes da sociedade civil, além de populares proprietários de cães e gatos.

Durante o evento foram apresentados os objetivos do programa, como ele funcionará e dúvidas dos presentes puderam ser sanadas.

O Programa de Bem-Estar Animal – Pet Vida criado pelo Governo do Estado em agosto de 2023, foi aderido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, e tem como meta realizar castrações, vacinas antivirais, dentre alguns procedimentos veterinários de forma gratuita, demonstrando o compromisso do município com a causa animal e a responsabilidade social.

Um dos objetivos é a redução significativa da superpopulação de cães e gatos no município, melhorando a saúde e o bem estar desses pets e reduzindo a exposição da comunidade a possíveis doenças de zoonoses contraída de animais não cuidados ou abandonados em vias públicas.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DO EVENTO

O programa pretende atender proprietários de cães e gatos que não possuem condições de custear a castração de seus animais e pessoas que queiram adotar cães e gatos abandonados na rua. Para participar, o proprietário desses animais precisa obedecer aos seguintes requisitos:

– Possuir cadastro atualizado no CADÚNICO, que é o registro de famílias de baixa renda, que pode ser solicitado na Sede do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) Vereador Amarino Rodrigues Alves, localizado no Bairro Nova, após a Delegacia Regional de Polícia Civil;

– Preencher formulário de cadastro de animais dependentes fornecido pela Secretaria de Meio Ambiente;

– Apresentar documentos pessoais do proprietário do animal de estimação;

– Os critérios para a elegibilidade serão baseados em renda familiar e no número de animais de estimação que possuem.

 

Segundo a Médica Veterinária da Secretaria de Meio Ambiente, Luana Muniz, haverá um prazo de 10 dias a contar da data desta audiência para os proprietários de cães e gatos realizarem o cadastro na sede da Secretaria. Ela destacou um dos objetivos do programa, ao ofertar castração e vacinas desses animais. “É uma visão de saúde pública, que quando a gente reduz esse volume de animais, a gente consequentemente reduz também doenças zoonóticas, que são doenças transmitidas do animal para o homem”, destacou Muniz.

 

O cadastro para participar do programa deve ser realizado na sede da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, localizada na Rua João Batista Celestino, nº 226, no Bairro Irmãos Fernandes. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas.

Boletim Informativo