Cerveja falsificada: 2 mil garrafas prontas para venda são apreendidas no ES

0

A Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) deflagrou, na segunda-feira (13), uma operação de combate à falsificação de bebida alcoólica no bairro Novo México, em Vila Velha.

Ao todo, oito pessoas foram presas durante a ação. Além disso, foram apreendidas quase 30 mil garrafas que estavam chegando para serem adulteradas, e mais de duas mil garrafas de cerveja já falsificadas e prontas para venda.

A operação foi realizada durante cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela 6ª Vara Criminal de Vila Velha. Os policiais foram até o galpão que falsificava as bebidas e flagraram um caminhão dentro do estabelecimento com cerca de 30 mil garrafas.

“Durante as diligências, localizamos duas mil garrafas já falsificadas e pontas para venda. No local, também foram apreendidos materiais para falsificação, como rótulos, tampas, colas e lacres. Eles estavam usando falsificações de marcas tradicionais e bastante conhecidas”, conta o titular da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), delegado Eduardo Passamani.

No local, estavam oito homens que confessaram que o local funcionava como ponto de adulteração de cerveja.

Segundo a polícia, eles foram conduzidos à Decon, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de falsificação de bebidas, concorrência desleal, venda de produto impróprio ao consumo e associação criminosa.

Depois, os suspeitos foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Informações: Folha Vitória