Corrida Palaciana: Hartung seria o governador do Estado se a eleição fosse hoje

0

A corrida ao Palácio Anchieta começou com vantagem para o ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB). Ele lidera a preferência do eleitor capixaba com 34,1 das intenções estimuladas de voto. O atual governador do ES, Renato Casagrande (PSB) alcançou 30% das intenções de voto. A pesquisa é do Instituto Futura e foi encomendada pelo jornal A Gazeta. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 00005/2014. Foram ouvidos 1,4 mil eleitores entre 22 e 28 de abril.

corrida-palaciana-hartung-seria-o-governador-do-estado-se-a-eleicao-fosse-hoje-1

Paulo Hartung avança ainda mais quando o nome do senador Magno Malta é retirado da pesquisa estimulada. Hartung alcança 39,4% das intenções estimuladas de voto, seguido de Casagrande, com 35%. O ex-prefeito de Colatina Guerino Balestrassi tem 2,2% das intenções.

Para a Futura, Hartung e Casagrande estão tecnicamente empatados, já que a margem de erro é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos. O resultado se refere a um dos cenários estimulados da pesquisa, em que os nomes dos possíveis candidatos são informados aos entrevistados.

Na pesquisa espontânea, Hartung também lidera a preferência do eleitor capixaba. Ele é mencionado por 24% das pessoas abordadas. Mesmo no poder e com a máquina administrativa nas mãos, Casagrande foi mencionado por 18%. Nesse recorte, chama a atenção o percentual de pessoas que se dizem indecisas: 40,1%.

Hartung, no último dia 12, entregou uma carta ao PMDB em que se coloca à disposição para concorrer ao governo. Casagrande é nome certo para tentar a reeleição, embora ainda não tenha falado abertamente sobre o assunto.

A corrida pelo Senado também já teria um vencedor se a eleição fosse hoje. Aliás, vencedora. De olho na única cadeira do Senado que ficará vaga no fim deste ano, a deputada federal Rose de Freitas (PMDB) é a preferida de 21,9% dos entrevistados pelo Instituto Futura. Em seguida, aparece o ex-prefeito de Vitória João Coser (PT), com 18,9%.

Rejeição

O nome mais rejeitado na corrida ao governo do Espírito Santo é o do Senador Magno Malta. Quase 30% (27,9%) dos entrevistados disseram que não votariam nele “em nenhuma hipótese”. O segundo mais rechaçado é Balestrassi, com 22,9%. Casagrande tem 12,2% de rejeição e Hartung, é o menos rejeitado pelo eleitor capixaba, com 8,3%.

– See more at: http://www.sitedelinhares.com.br/noticias/geral/corrida-palaciana-hartung-seria-o-governador-do-estado-se-a-eleicao-fosse-hoje#sthash.4bRgTyAQ.dpuf