Dupla inalou grande quantidade de fumaça gerada por conta do veículo ligado.

0

Um casal morreu de envenenamento por monóxido de carbono durante a relação íntima dos dois dentro de um carro com motor ligado. Eles inalaram grande quantidade de fumaça, e acabaram sufocados.

Keith Payton e Salina Johson, ambos de 40 anos, já estavam mortos quando os serviços de emergência os encontraram no veículo dentro de uma garagem. Segundo a polícia da Pensilvânia, nos EUA, eles tinham elevados índices de monóxido de carbono em seu corpo. O veículo foi encontrado desligado por falta de combustível, mas com a chave de ignição acionada.

A polícia afirma que o casal estava iniciando um ato sexual, já que a mulher estava parcialmente vestida. Maconha e objetos usados para ingerir diferentes tipos de drogas foram encontrados no carro. O casal foi declarado morto na noite de sexta-feira (31), mas acredita-se que eles tenham falecido no dia anterior.