Durante entrega de trecho da BR-101 no ES, Lula promete ‘resolver o problema das ferrovias e das BRs’

0

Ministro de Transportes, Renan Filho reforçou que a duplicação da BR-262 faz parte do Novo PAC. Presidente também comentou que investimento na área de transportes no país já chega a R$ 23 bilhões.

Presidente Lula durante inauguração do Contorno do Mestre Álvaro, trecho da BR-101 na na Serra (ES) — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Presidente Lula durante inauguração do Contorno do Mestre Álvaro, trecho da BR-101 na na Serra (ES) — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Durante a cerimônia de inauguração da Rodovia do Contorno Mestre Álvaro, um novo trecho da BR-101 na Serra, na Grande Vitória, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que vai resolver os problemas das rodovias e de ferrovias no estado, e ressaltou os investimentos em educação.

Lula pousou às 14h40 no Aeroporto de Vitória e iniciou o evento de inauguração da rodovia na Serra por volta das 15h30. Durante o discurso, o presidente falou sobre a importância que a pasta de transportes tem para o governo federal.

Em quatro anos, o governo anterior investiu R$ 21 bilhões em transporte. Nós, em apenas um ano de governo, já colocamos R$ 23 bilhões nessa importante pasta, incluindo a obra do Contorno do Mestre Álvaro, no Espírito Santo” disse o presidente Lula.

O ministro de Transportes, Renan Filho, também reforçou que o estado está na rota de mais investimentos do governo federal.

“Só sabe o que significa uma rodovia como essa quem passou duas horas parado no trânsito da Serra. Povo capixaba, se prepare, porque o presidente Lula incluiu no PAC a duplicação da BR-262”, afirmou o ministro.

Presidente Lula durante inauguração do Contorno do Mestre Álvaro, trecho da BR-101 na na Serra (ES) — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Presidente Lula durante inauguração do Contorno do Mestre Álvaro, trecho da BR-101 na na Serra (ES) — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Foi lembrando dessa fala do ministro que Lula reforçou o comentário sobre as rodovias, mas não mencionou nenhum prazo para início ou conclusão das obras.

“Casagrande, eu tenho mais três anos de mandato, você tem três anos de mandato. E você pode ficar certo que a gente vai resolver o problema das ferrovias que o Renan falou, que a gente vai resolver o problema das rodovias que o Renan falou”, contou o presidente.

Casagrande e Lula na inauguração da BR-101 na Serra — Foto: Reprodução/Ricardo Stuckert

Casagrande e Lula na inauguração da BR-101 na Serra — Foto: Reprodução/Ricardo Stuckert

O governador Renato Casagrande (PSB) discursou antes do presidente e comentou sobre algumas obras cruciais para o estado, incluindo as de infraestrutura como transportes.

“Retomar as obras da BR-101 é fundamental. A gente fazer a ferrovia litorânea sul até Anchieta e depois até o Rio de Janeiro é fundamental. Duplicar a BR-262 é fundamental. A gente avançar na 259 lá de João Neiva, até Colatina, até Baixo Guandu, é fundamental para nós”, disse o governador.

 

Casagrande fazia referência às obras de construção da ferrovia EF-118. A Vale deve construir o trecho entre Santa Leopoldina e Anchieta, até o Porto de Ubu. O governo federal ainda estuda projetos para continuar a obra até o Rio de Janeiro.

Presidente Lula durante inauguração do Contorno do Mestre Álvaro, trecho da BR-101 na na Serra (ES) — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Presidente Lula durante inauguração do Contorno do Mestre Álvaro, trecho da BR-101 na na Serra (ES) — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

A última vez em que o presidente Lula esteve no estado foi em dezembro de 2017, quando estava participando de caravanas para divulgar a sua pré-candidatura.

Em vários momentos, Lula ressaltou a educação como prioridade e prometeu investimentos na área para os próximos três anos do mandato. Após várias referências a Jair Bolsonaro (PL), mas sem mencionar o nome do ex-presidente, Lula questionou:

“Quantas faculdades, quantas escolas técnicas ele inaugurou?” Na sequência, falou sobre investimentos que têm sido feitos por sua administração em várias áreas e, segundo Lula, com valores mais vultuosos apenas em 2023 do que teriam sido aplicados nos quatro anos da gestão bolsonarista.

Outros investimentos

A última vez em que o presidente Lula esteve no estado foi em dezembro de 2017, quando estava participando de caravanas para divulgar a sua pré-candidatura.

Em vários momentos, Lula ressaltou a educação como prioridade e prometeu investimentos na área para os próximos três anos do mandato. Após várias referências a Jair Bolsonaro (PL), mas sem mencionar o nome do ex-presidente, Lula questionou:

“Quantas faculdades, quantas escolas técnicas ele inaugurou?” Na sequência, falou sobre investimentos que têm sido feitos por sua administração em várias áreas e, segundo Lula, com valores mais vultuosos apenas em 2023 do que teriam sido aplicados nos quatro anos da gestão bolsonarista.

O governador Casagrande também anunciou, durante o discurso, a construção de 10 mil residências por meio do programa “Nossa Casa”, em parceria com o Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

As residências serão voltadas para faixa de um a três salários mínimos.