Fiscalizações na Grande Vitória, São Mateus e Colatina e resultam em mais de R$ 100 mil em autuações

0

Três blitze realizadas por auditores fiscais da Secretaria da Fazenda (Sefaz) nesta quarta-feira (25) e na última sexta-feira (20) resultaram em autuações no valor de R$ 106,8 mil, entre lançamento de impostos devidos e multas aplicadas. Foram quase R$ 16 mil em fiscalização na BR-101 Norte, em São Mateus; R$ 17,6 mil em operação na ES-080, em Colatina; e R$ 73,2 mil em blitz na Rodovia do Sol, em Vila Velha e Guarapari.

Em operação conjunta com a Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), na última sexta-feira (20), no posto da Barra do Jucu, em Vila Velha, e na 3° Companhia de Polícia Militar, em Village do Sol, Guarapari, ambas na Rodovia do Sol, a equipe de 19 auditores fiscais lavrou 11 autos de infração por transporte de mercadorias – materiais de construção e cabos de fibra ótica – sem documentação fiscal.

As autuações somaram R$ 73,2 mil entre imposto (ICMS) e multa, tendo sido recolhidos R$ 56 mil. Em um dos casos, em que o auto de infração não foi pago, as mercadorias foram apreendidas e encaminhadas para o depósito da Sefaz.

Já em São Mateus, auditores fiscais da Subgerência Fiscal Nordeste, com o apoio de policiais rodoviários federais, flagraram o transporte de fertilizantes com nota fiscal inidônea e quase 400 galões de 20 litros de água mineral sem nota fiscal, que resultaram em autuações no valor de R$ 16 mil.

Em Colatina, a blitz foi realizada por oito auditores fiscais no posto da Polícia Militar, em conjunto com o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), Instituto de Pesos e Medidas do Estado (Ipem) e policiais militares. Foram lavrados três autos de infração por transporte de mercadorias sem a documentação fiscal, no valor total de R$ 17,6 mil. Tanto em São Mateus como em Colatina, todos os autos de infração foram pagos e nenhuma mercadoria foi apreendida.

O auditor fiscal da Receita Estadual Ronei Binas da Silva, que participou da operação em São Mateus, destacou a importância do trabalho de fiscalização do transporte de mercadorias, visando resguardar o correto pagamento do imposto, essencial ao Estado, bem como combater a sonegação fiscal e a concorrência desleal do mercado.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sefaz
Cintia Bento Alves
(27) 3347-5511
cintia.alves@sefaz.es.gov.br