Homem exige que mulher ‘dê’ para ele, marido é chamado e todos vão parar no DPJ Viatura da PM foi cercada pela população

0

fonte/ site linhares

Uma viatura da Polícia Militar, com os policiais Gisele e Walace, além de uma mulher, apontada como vítima no Boletim Unificado (BU) que relata o caso, foi cercada por familiares e amigos de um homem de 57 anos, também passageiro do veículo, fato registrado no bairro Planalto, às 20 horas desta sexta-feira (6). O homem estava sendo conduzido para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ), no cofre do veículo.

O suspeito, de acordo com os militares, havia se alterado e proferido palavras de baixo calão, além de ofendê-los, quando foi indagado sobre o paradeiro do filho dele, um rapaz de 28 anos, que havia “cantado” a vítima.

Tudo começou quando o jovem de 28 anos, de acordo com a mulher que estava na viatura, a acusou de “dar para todo mundo” e que, por estar separada, teria que “dar” para ele também.

Ainda segundo a versão da vítima, o suspeito estava armado com um facão e teria usado a arma para ameaçar e tentar ferir o atual companheiro dela, um homem de 37 anos. O casal correu para dentro de casa e chamou a polícia. Quando viu a viatura, o rapaz de 28 anos fugiu, mas foi visto no meio da multidão e em seguida também foi levado para o DPJ por outra guarnição que havia sido chamada para dar apoio aos Soldados Gisele e Walace.

Quando as partes estavam no DPJ, a mulher recebeu uma ligação no telefone celular dando conta de que a população que estava aglomerada no local tentou linchar o amásio dela, mas que ele havia conseguido escapar e que também estava a caminho do Departamento de Polícia Judiciária, onde o caso segue para que as providências relativas ao caso sejam tomadas.