Jornalista vem recebendo constantes ameaças em Nova Venécia

0
Municiío de Nova Venecia

O jornalista e radialista Marco Aurélio da MM Comunicação com sede no município de Nova Venécia, noroeste do estado do Espírito Santo compareceu na tarde de quinta-feira (25/10) ao Juizado Especial Criminal Civil do município, onde solicitou oficialmente da justiça a quebra de seu sigilo telefônico.

A iniciativa foi motivada devido o profissional de comunicação estar constantemente recebendo ameaçadas de morte através de ligações telefônicas. “Estou bastante assustado com a onda de ligações restritas que recebi e tenho recebido após as eleições municipais de Nova Venécia”, relata Marco Aurélio.

Um boletim de ocorrência já havia sido registrado junto a Delegacia de Policia Civil do município na segunda-feira (08/10), dando conta de que o jornalista teria recebido uma ligação naquele dia, onde o criminoso chegou a usar o termo: “procure um buraco e se esconde que eu vou te achar”.

“O município de Nova Venécia, assim como o estado do Espírito Santo e o Brasil não toleram mais este tipo de gente que tenta intimidar as pessoas que participam diretamente das coordenações eleitorais. Quem disputa eleição tem que entender que na democracia é assim: Só existe vaga para um prefeito, um vice-prefeito, um governador, um presidente da república, portanto quem perde tem que refletir seus erros e não mandar ameaçar jornalistas”, desabafou Aurélio.

As ameaças vêm acontecendo desde o período eleitoral, quando Marco Aurélio prestava assessoria de imprensa para a coligação “Avançar para Crescer” que elegeu Lubiana Barrigueira (PSB), prefeito do município de Nova Venécia. “Não quero atribuir responsabilidades a ninguém, isso quem tem que fazer é a justiça, agora suspeito que a ameaça parte daqueles insatisfeitos com o resultado das eleições”, concluiu.

Leia mais em Gazeta do Norte —http://gazetadonorte.com/?p=46752