Jovem desmaia após ser agredida pelo ex, que é professor de boxe

0

Uma jovem de 27 anos desmaiou depois de ser agredida em Vitória, na madrugada do último domingo (3). Ela acusa o ex-companheiro, que é professor de boxe, de ter batido nela.

A boca da mulher ficou cortada depois que ela levou um soco no rosto. Ela também foi mordida no braço.

“Eu caí e bati a cabeça no chão. Só lembro de uma mulher me puxando pelo braço, pedindo para a chamar a polícia. Espero que ele pague pelo que ele fez porque eu tenho vergonha. Meu filho desesperado saiu na rua pedindo ajuda”, contou a jovem, que trabalha como atendente de caixa.

A mulher foi agredida na porta de casa, na região de Maruípe. Embora estejam separados, ela e o ex ainda se encontravam. Durante a madrugada de domingo, eles começaram a discutir por causa de religião e, segundo a jovem, o homem bateu nela na rua.

Mulher levou mordida no braço no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Mulher levou mordida no braço no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

“Ele é uma pessoa descrente. Por eu ser muito evangélica, a gente tem esses embates. Só que ele passou dos limites. Ele gritava me menosprezando, dizendo que eu achava que sabia de tudo sobre o ‘meu Deus’, que eu era uma idiota”, lembrou a atendente de caixa.

O caso foi registrado no Plantão Especializado da Mulher, que fica em Vitória. A mulher fez o Boletim de Ocorrência depois de ser atendida no pronto-socorro.

A jovem e o homem estavam separados há um ano. Eles moraram juntos por quatro meses. E nesse período em que os dois dividiram o mesmo teto, a mulher contou que foi agredida por ele por outras duas vezes. A jovem diz que o ex sempre ficava agressivo depois de beber.

A vítima pediu uma medida protetiva e representou criminalmente contra o ex. O caso seguirá sob investigação da Delegacia da Mulher de Vitória. A jovem espera que o ex-companheiro seja preso.

“Só quero minha paz. Só quero poder estar tranquilo, sem ter medo de dele voltar, fazer alguma ameaça”, desabafou.