Moradores e pescadores se reúnem às margens do Rio Doce para acompanhar passagem da lama

0

Vídeo Incrível: Enxurrada de Lama Destrói Mariana a Barragem Rompeu!

No Espírito Santo, Baixo Guandu, Colatina e Linhares, no Noroeste do Estado, têm previsão de serem atingidas pela turvidez resultante da lama

Foto: Edson ChagasMoradores de Baixo Guandu sobre a ponte do bairro Mauá observam o nível do Rio Doce

Moradores das cidades por onde passa a lama das barragens rompidas de Mariana, em Minas Gerais, se posicionam nas margens para acompanhar a passagem dos rejeitos pelo Rio Doce nesta segunda-feira (9).

No Espírito Santo, Baixo Guandu, Colatina e Linhares, no Noroeste do Estado, têm previsão de serem atingidas pela turbidez resultante da lama. Os municípios receberam recomendação de não captar a água, que chega às cidades com nível de turvidez de 261 mil pontos, quando o máximo possível de captação acontece com seis mil pontos.
A Defesa Civil realizou, neste domingo (8), uma ação para retirar pescadores, banhistas e moradores das comunidades próximas ao Rio Doce, em Baixo Guandu e Colatina, na região Noroeste do Espírito Santo.
Foto: Francisco Carlos Gonçalves/ InternautaMoradores se reúnem para esperar a chegada da lama em Baixo Guandu

Segundo a Defesa Civil, a prioridade é resguardar a população que pode sofrer com o aumento da vazão do Rio Doce. O órgão atua ainda no monitoramento e em ações para a chegada da onda de rejeitos.