Mulher é atacada por cachorro Rottweiler de vizinho no ES

0

A vítima conta que tinha um bom relacionamento com o vizinho e, inclusive conhece o cachorro que a atacou desde que ele era um filhote

Uma mulher foi atacada por um cachorro da raça rottweiler ao sair de casa, em Guarapari. O animal pertence a um vizinho da vítima. O momento foi registrado por câmeras de segurança.

Ao observar as imagens, é possível ter uma noção da força com a qual o cachorro morde o braço da mulher. A vítima, Simone Almeida, de 49 anos, permanece com as marcas do ataque na pele, cinco dias após o ocorrido. Segundo ela, tem até dificuldades para descrever o que sentiu.

“Eu fechei meu portão e dei de cara com o cachorro. Daí eu pensei que se abrisse o portão, ele iria me atacar. Se eu corresse, também me atacaria. Foi aí que ele me deu três mordidas”, contou.

A vítima conta que tinha um bom relacionamento com o vizinho e, inclusive, conhece o cachorro que a atacou desde que ele era um filhote. Ou seja, levou um susto quando viu o animal partindo para o ataque. Ela acredita que se não fosse a presença do marido, tudo poderia ter acabado de forma bem pior.

“Se meu marido não tivesse no carro me esperando e não saísse, hoje eu não estaria aqui para falar sobre isso. Não sei a força que tem um trator, mas parecia um trator querendo me derrubar”, disse.

 

O dono do cachorro disse que, desde o episódio, redobrou os cuidados com o animal e está prestando apoio à vítima, inclusive custeando o tratamento dela. Simone diz que no início foi difícil lidar com a situação, mas não tem remorsos do vizinho.

Se sentindo melhor, Simone faz um apelo para que outros donos de cachorros de grande porte se conscientizem sobre os perigos de deixar os animais soltos.

“O cachorro é irracional e não pensa. Tem o dono para pensar por ele. É preciso se cuidar. Graças a Deus foi um livramento em minha vida”, conta.

*Com informações do repórter Gabriel Cavalini, da TV Vitória/Record TV