Mulher é morta a tiros por não abaixar os vidros do carro que dirigia em bairro da Serra, ES

0

Carolayne Nascimento Barcelos, de 25 anos, foi assassinada no início da madrugada deste sábado (28); foi o pai quem socorreu a filha, que já chegou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Serra, na Grande Vitória, sem vida.
Uma jovem de 25 anos foi morta a tiros na madrugada deste sábado (28), por não conseguir abaixar os vidros do carro após ordem dada por criminosos no bairro Divinópolis, na Serra, Grande Vitória. Carolayne Nascimento Barcelos chegou a ser socorrida pelo pai, mas morreu após dar entrada em uma unidade de pronto-atendimento do município.
Ainda segundo os familiares, Carolayne morava no bairro Macafé, em Serra-Sede, também no município. A jovem estava em uma festa na casa de uma amiga, quando decidiu ir embora e dar carona a um amigo de 17 anos.
Moradores do bairro disseram que, ao virar uma esquina, o carro de Carolayne foi cercado por criminosos armados, que mandaram a jovem abaixar os vidros. Segundo a família, os vidros elétricos do veículo já estavam com defeito e não funcionavam, o que pode ter dificultado Carolayne de cumprir a ordem que recebeu. Ela foi baleada diversas vezes, principalmente no rosto. O adolescente não ficou ferido.

Os familiares contaram ainda que, após o crime, o carro de Carolayne perdeu a direção e parou exatamente em frente onde o pai e a madrasta dela moram. O casal chegou a ouvir o cheiro de fumaça, mas não conseguiu sair de casa porque o veículo prendeu o portão da residência.

Segundo a família, 20 minutos depois, o pai conseguiu sair da casa e viu que a vítima era a própria filha. O homem socorreu e levou Carolayne para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Serra Sede, mas a equipe médica constatou que a mulher já estava morta.

Mulher é morta a tiros por não abaixar os vidros do carro que dirigia em bairro da Serra, ES
Carolayne Nascimento Barcelos, de 25 anos, foi assassinada no início da madrugada deste sábado (28); foi o pai quem socorreu a filha, que já chegou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Serra, na Grande Vitória, sem vida
Por Daniela Carla, g1 ES e TV Gazeta

28/10/2023 11h04 Atualizado há 39 minutos

Mulher é morta a tiros por não abaixar os vidros do carro que dirigia na Grande Vitória
Mulher é morta a tiros por não abaixar os vidros do carro que dirigia na Grande Vitória

Uma jovem de 25 anos foi morta a tiros na madrugada deste sábado (28), por não conseguir abaixar os vidros do carro após ordem dada por criminosos no bairro Divinópolis, na Serra, Grande Vitória. Carolayne Nascimento Barcelos chegou a ser socorrida pelo pai, mas morreu após dar entrada em uma unidade de pronto-atendimento do município.

Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Carolayne Nascimento Barcelos foi morta a tiros porque não conseguiu abaixar o vidro do carro que dirigia em Divinópolis, Serra, ES — Foto: Reprodução
Carolayne Nascimento Barcelos foi morta a tiros porque não conseguiu abaixar o vidro do carro que dirigia em Divinópolis, Serra, ES — Foto: Reprodução

Ainda segundo os familiares, Carolayne morava no bairro Macafé, em Serra-Sede, também no município. A jovem estava em uma festa na casa de uma amiga, quando decidiu ir embora e dar carona a um amigo de 17 anos.

Moradores do bairro disseram que, ao virar uma esquina, o carro de Carolayne foi cercado por criminosos armados, que mandaram a jovem abaixar os vidros. Segundo a família, os vidros elétricos do veículo já estavam com defeito e não funcionavam, o que pode ter dificultado Carolayne de cumprir a ordem que recebeu. Ela foi baleada diversas vezes, principalmente no rosto. O adolescente não ficou ferido.

Os familiares contaram ainda que, após o crime, o carro de Carolayne perdeu a direção e parou exatamente em frente onde o pai e a madrasta dela moram. O casal chegou a ouvir o cheiro de fumaça, mas não conseguiu sair de casa porque o veículo prendeu o portão da residência.

Segundo a família, 20 minutos depois, o pai conseguiu sair da casa e viu que a vítima era a própria filha. O homem socorreu e levou Carolayne para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Serra Sede, mas a equipe médica constatou que a mulher já estava morta.

Carolayne Nascimento Barcelos, 23 anos, foi morta em Divinópolis, na Serra, ES — Foto: Reprodução
Carolayne Nascimento Barcelos, 23 anos, foi morta em Divinópolis, na Serra, ES — Foto: Reprodução

Questionada sobre o crime, a Polícia Militar informou que foi acionada, ainda na madrugada, após relatos de disparos de arma de fogo na rua em questão. No local, a equipe se deparou com um veículo com diversas perfurações de tiro, e moradores informaram que uma jovem tinha sido baleada e socorrida pelo pai à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Serra Sede.

“Na UPA, os policiais foram informados que a vítima tinha ido a óbito. Ela estava no interior do próprio carro, juntamente com um colega de trabalho, quando foi atingida pelos disparos. O homem não ficou ferido”, informou a nota.
A Polícia Civil disse que o caso segue sob investigação da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) e que, até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido detido.

A polícia disse ainda que o corpo de Carolayne foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.