Padrasto é procurado por estuprar enteada de 11 anos, em Barra de São Francisco

0

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+67084_10201421884124645_59217334_n0-480x640Edmílson Costa Branco, 30 anos, é procurado pela Polícia Civil de Barra de são Francisco, acusado de estuprar a enteada de 11 anos em Vila Itaperuna. Ele morava com a mãe da criança há dois anos, mas os estupros já aconteciam desde fevereiro deste ano.

A denúncia foi feita após uma professora notar atitudes da menina que dizia já ter relações sexuais. Ao perceber o que estava acontecendo, a educadora entrou em contato com a mãe da menina. Mas antes que a mãe chegasse à escola, o padrasto pediu perdão e assumiu o crime.

Na sexta-feira da semana passada, ao saber do ocorrido, a mãe da menor procurou a delegacia de plantão em Barra de São Francisco e fez a denúncia contra o marido. Após a denúncia, o delegado Jefferson Wagner solicitou a prisão preventiva do padrasto, que não tinha passagem pela polícia.

De acordo com depoimento da vítima, Edmílson fazia ameaças de morte caso a menor contasse dos abusos. A Polícia Civil fez buscas na localidade onde o suspeito morava e no bairro Coqueiral, em Aracruz, onde ficou escondido por dois dias na casa de familiares, mas o suspeito não foi encontrado.