Personal de famosos morre aos 46 anos, 7 meses após se recuperar da covid-19

0

O personal trainer de famosos do universo sertanejo e da televisão Marcos Leandro da Silva, de 46 anos, morreu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória na última segunda-feira (25), em Goiânia (GO), sete meses após se recuperar do coronavírus.

Apesar de estar com uma tosse persistente ao longo das últimas semanas, o que levou à suspeita de uma reinfecção de covid-19, Marcão, como era conhecido, fez o teste ao ser internado em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Aparecida de Goiânia, no último domingo (24), cujo resultado deu negativo.

A noiva dele, Kis Piovesana, conta que o personal vinha se sentindo mal havia alguns dias. “Fazia umas duas semanas que ele não estava bem. Eu estava insistindo para ele ir ao hospital, mas acabou não indo”, contou Kis Piovesana.

Marcão teve quadro confirmado de covid-19 há sete meses, mas tinha se recuperado completamente. “Ele teve e se curou. Fez toda a quarentena e o isolamento de 14 dias”, revela Kis.

Segundo a noiva, o casal planejava se casar na Croácia. “Fizemos um ano juntos justamente no último dia 25. Minha mudança tinha chegado do Sul, de Guaporé (RS), há uns dias. Estou completamente perdida”, lamenta.

Pelo fato de o noivo controlar a alimentação e praticar exercícios físicos com regularidade, Kris diz ter ficado “sem palavras” ao saber a causa da morte.

Em nota oficial, a Secretaria de Saúde de Aparecida de Goiânia informou que ele deu entrada na UPA no último domingo (24) e “apresentou piora em seu quadro clínico ao longo da segunda-feira, evoluindo para a parada cardiorrespiratória”.

A causa da morte de Marcão ainda é investigada. “A Secretaria informa que o corpo foi encaminhado para o SVO (Serviço de Verificação de Óbitos) para averiguação da causa do falecimento.