Pirataria,drogas,animais e armas:operação policial

0

 

Onze pessoas foram detidas e 9,8 mil discos piratas apreendidos durante uma operação conjunta das polícias Militar e Civil, Ministério Público, Corpo de Bombeiros e Polícia Ambiental nessa sexta-feira (27), na Região Noroeste do Estado. Até o (camelódromo) de Barra de São Francisco foi fiscalizado.

As prisões foram realizadas em cumprimento a mandados de busca e apreensão, menor na direção, posse ilegal de arma de fogo, lesão corporal e tentativa de homicídio. Os policiais buscaram o que é ilícito e peitaram a impunidade apreendendo tudo que estava ilegal.

A ação contou com a participação de 169 policiais militares e 29 viaturas. Eles fizeram abordagens a pessoas suspeitas, vistorias de veículos e fiscalização de estabelecimentos comerciais nos municípios de Barra de São Francisco, Águia Branca, Água Doce do Norte, Ecoporanga e Mantenópolis.

Total apreendido

32 aves silvestres

9.898 CDs, DVDs e jogos de video game piratas

seis munições intactas calibre 12

uma espingarda de fabricação caseira

uma garrucha

uma escopeta calibre 12

– um tatu abatidoAo todo, foram apreendidas três armas de fogo, seis munições intactas, além de 9,8 mil DVDs, CDs e jogos de videogame piratas, 32 pássaros silvestres e um tatu abatido

No trânsito foram abordados mais de 1,5 mil veículos, sendo 36 retidos. Também foram aplicadas 128 multas e recolhidas cinco carteiras de habilitação

Na noite de sexta-feira para sábado, 11 comerciantes foram notificados por irregularidades contra incêndio e pânico.

A operação, batizada pelo provérbio bíblico “Não os temais, porque o Senhor, vosso Deus, é o que peleja por vós”, durou mais de 24 horas, segundo a polícia.