Início Site

Médicos espanhóis revivem mulher após mais de seis horas de parada cardíaca

0

Por France Presse


Médicos espanhóis explicam procedimento de ressuscitação de parada cardíaca no hospital de Vall d'Hebron — Foto: Reprodução Twitter/Vall d’Hebron Barcelona Hospital Campus

Médicos espanhóis explicam procedimento de ressuscitação de parada cardíaca no hospital de Vall d’Hebron — Foto: Reprodução Twitter/Vall d’Hebron Barcelona Hospital Campus

Médicos espanhóis conseguiram salvar a vida de uma britânica que passou mais de seis horas em parada cardíaca após sofrer hipotermia durante uma excursão nas montanhas, informaram nesta quinta-feira (5) em entrevista coletiva.

“É como um milagre”, reconheceu Audrey Marsh, de 34 anos, em entrevista coletiva em Barcelona com os médicos que conseguiram salvar sua vida em 3 de novembro.

“É a parada cardíaca mais longa com recuperação já documentada na Espanha. Nos Alpes e na Escandinávia existem casos documentados semelhantes”, disse à AFP o médico Eduard Argudo, responsável pela reanimação no hospital Vall d’Hebron de Barcelona.

Audrey Marsh ao lado dos médicos e socorristas que participaram de seu atendimento, em evento para a imprensa — Foto: Reprodução Twitter/Vall d’Hebron Barcelona Hospital Campus

Audrey Marsh ao lado dos médicos e socorristas que participaram de seu atendimento, em evento para a imprensa — Foto: Reprodução Twitter/Vall d’Hebron Barcelona Hospital Campus

A mulher, residente nesta cidade, perdeu a consciência por volta das 13h00 quando foi surpreendida por uma tempestade de neve durante uma travessia pelos Pireneus (cordilheira no norte da Espanha) com o marido.

Quando a equipe de resgate os alcançou às 15h35, a mulher não apresentava sinais vitais ou atividade cardíaca e sua temperatura corporal era de 18 graus.

Dispositivo inédito

As primeiras manobras de ressuscitação não tiveram efeito e ela foi levada de helicóptero para o hospital de Barcelona, que possui um dispositivo inovador chamado ECMO.

Este dispositivo, usado pela primeira vez na Espanha para ressuscitação, consiste em uma máquina que se conecta ao sistema cardíaco do paciente para substituir a função pulmonar e cardíaca.

A máquina retira o sangue de uma veia, o aquece, o oxigena e o reintroduz no corpo através de uma artéria.

Por volta das 21h45, mais de seis horas depois que as equipes de resgate a encontraram em parada cardíaca e quando seu corpo já havia atingido 30 graus, os médicos tentaram ressuscitá-la.

“Decidimos realizar uma descarga elétrica para tentar despertar seu coração e foi assim que aconteceu”, disse Argudo.

Segundo o médico, parte do sucesso se deve à hipotermia.

“A hipotermia mata e salva ao mesmo tempo. Com o frio, o metabolismo diminui, os órgãos precisam de menos sangue e menos oxigênio e isso permite que o cérebro fique bem”, explicou.

A recuperação foi extraordinariamente rápida e, seis dias depois, ela já havia deixado a unidade de terapia intensiva sem sequelas neurológicas.

Suas mãos ainda não recuperaram toda a mobilidade, mas “ela tem vida praticamente normal” e “voltará ao trabalho nos próximos dias”, informou o hospital em comunicado.

Governo autoriza construção de Centro de Excelência para Pessoas com Deficiência no ES

0

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, lembrado em todo mundo nesta terça-feira (3), foi especial para os capixabas deficientes físicos, visuais e intelectuais. Aproveitando a data e com intuito de oferecer ainda mais oportunidades a essa parcela da população, o governador Renato Casagrande assinou um documento que autoriza a construção do Centro de Excelência para Pessoas com Deficiência.

A assinatura ocorreu no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a presença do secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, secretários municipais de Esportes, além dos paratletas capixabas que participaram das Paralimpíadas Escolares, homenageados por Casagrande.

O Centro ficará localizado na sede da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), em Bento Ferreira, na Capital. O espaço contará com uma arena multiuso, 100% acessível, que terá diversas salas para fisioterapia, atendimento médico, treinamento físico, vestiários e um ginásio que será usado pelos paratletas e demais pessoas com deficiência, contemplando as modalidades de goalbol, basquete, rugby, bocha, handebol e futsal para deficientes visuais.

A previsão é que o Centro de Excelência comece a ser construído no primeiro semestre de 2020 e seja concluído até meados de 2021. O espaço atenderá, em média, 1200 pessoas por mês e custará cerca de R$ 6 milhões.

O governador Renato Casagrande, em uma fala sobre a importância de o Estado cumprir o seu papel de promover a cidadania, se dirigiu aos paratletas e suas famílias: “Vocês são o exemplo para que a gente possa romper o preconceito e os limites nesse mundo, nesse País, nesse Estado. E nós não fazemos mais do que a nossa obrigação em dar as condições para que o cidadão capixaba, a cidadã capixaba tenha todo o ambiente pleno para exercer suas atividades”, disse.

Legado

O secretário Júnior Abreu também deixou claro a importância do espaço para as pessoas com deficiência e para o Estado. Segundo ele, o Espírito Santo dá um passo ainda maior para se tornar uma referência em esportes paralímpicos no Brasil.

“Assim como os atletas, eu também estou muito feliz em saber que esse Centro vai sair do papel, pois sei como ele será importante para incluir ainda mais a população com deficiência dentro do esporte. Apenas São Paulo e Ceará tem espaços como esse, dessa magnitude. Então, isso vai ser benéfico também para o Espírito Santo, que poderá se tornar uma referência paralímpica no país”, frisou Abreu, emocionado.

A vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Naíse Pedrosa, reforçou a importância do Centro de Excelência: “O Governo do Espírito Santo está de parabéns em investir no esporte paralímpico e anunciar este espaço no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Com esse centro, o Estado vai se credenciar ainda mais a receber eventos paralímpicos de grande porte”.

Paralimpíadas Escolares

Além do anúncio da construção do Centro de Excelência, o evento também serviu para homenagear os atletas e técnicos capixabas que participaram das Paralimpíadas Escolares, considerada a maior competição do mundo para crianças e adolescentes com deficiência em idade escolar, realizada em São Paulo.

Durante o torneio deste ano, o Espírito Santo conquistou resultados recordes, aumentando o número de atletas na competição, além do número de medalhas, que saltou de 39, em 2018, para 68 medalhas, este ano. Com o resultado, a delegação capixaba terminou na nona colocação geral, subindo três posições com relação ao desempenho do ano anterior.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesport
Denys Lobo / Rodolfo Mageste
(27) 3636-7027 / 99802-3645 / 99309-9053
assessoria@sesport.es.gov.br

Cerca de 16 mil pessoas convivem com o HIV no Espírito Santo

0

O tratamento para os infectados é disponibilizado pela rede pública de saúde. No entanto, alguns ainda desistem: cerca de 1,5 mil convivem com a doença sem tratamento.

Cerca de 16 mil pessoas convivem com o vírus HIV no Espírito Santo. Os novos tratamentos permitem que os infectados tenham um vida normal e consigam manter uma boa saúde, sendo disponibilizados também pela rede pública. No entanto, alguns ainda desistem: cerca de 1,5 mil vivem com a doença sem tratamento.

No último domingo (1), comemorou-se o Dia Mundial de Combate à Aids. De acordo com a assistente social e referência em infecções sexualmente transmissíveis, Rozangela Lotacatelli, os números da doença nunca pararam de crescer. Portanto, ela ainda é considerada uma epidemia.

“O HIV não parou de crescer. Existe um crescimento anual constante, embora haja tendência maior em algumas faixas etárias e em alguns tipos de exposição”, diz ela.

De acordo com a assistente social, somente no Centro de Referencia em Infecções Sexualmente Transmissíveis, no Centro de Vitória, são atendidas 1.500 pessoas infectadas pelo HIV.

Teste rápido para detecção do vírus HIV — Foto: Secom/DivulgaçãoTeste rápido para detecção do vírus HIV — Foto: Secom/Divulgação

Rozangela lembra também que as formas de prevenção são inúmeras e que cada um pode escolher qual é a melhor para si, desde o uso da camisinha até os tratamentos pré-exposição e pós-exposição às situações de risco.

“O tratamento para as pessoas que já foram infectadas também é considerado uma forma de prevenção, pois a pessoa reduz a carga viral em seu organismo e não transmite o vírus para outras pessoas”, lembra Rozangela.

Devido à redução da toxidade dos medicamentos, o tratamento contra o HIV é capaz de garantir qualidade de vida a todos. No entanto, segundo Rozangela, o preconceito permanece sendo o grande vilão na luta contra a redução dos casos de Aids.

“A questão maior para a pessoa vivendo com HIV não é mais o HIV, é o preconceito da sociedade, que expõe essa pessoa à situações constrangedoras e muitas vezes a priva de uma vida normal desnecessariamente”, pontua a assistente social.

Os testes para identificação de doenças sexualmente transmissíveis podem ser feitos em qualquer unidade de saúde. Caso a pessoa seja identificada com o HIV, e recomendado buscar o Centro de Referência em DSTs para iniciar o tratamento.


(*G1)

Réveillon de Guriri em São Mateus terá seis dias de festa, dois trios-elétricos e atrações nacionais

0

Com algumas novidades, como seis dias de festa e levando a queima de fogos para onde nunca aconteceu, como Sítio histórico e o Bairro Pedra D’Água, a queima de fogos do tradicional réveillon de Guriri será animado com dois trios elétricos e atrações nacionais.

E mais, este ano quem escolher Guriri para a virada do ano, terá mais facilidade para estacionar no amplo espaço que se transformou o Avenida Atlântico lado norte, com a mudança do calçamento, até o Guriri Beach. A estimativa é de que mais de 200 mil pessoas passem o réveillon em Guriri este ano.

A programação foi apresentada na tarde desta quinta-feira pela Prefeitura de São Mateus. De acordo com a Secretaria de Comunicação a festa de fim de ano começa no dia 27 de dezembro (sexta-feira) e segue até o dia 1º de janeiro (quarta-feira). “Durante os seis dias de folia a Ilha receberá atrações musicais nacionais, como Reynaldinho (ex-Terra Samba), Boyzinho o Rei da Bregadeira e Mariana Fagundes, além de bandas regionais”, afirma a Secom.

A Secretaria destaca que a festa é realizada por meio de parceria entre a Associação dos Bartenders, Artesões e Vendedores Ambulantes do Município de São Mateus (Abavam) e Prefeitura.

TURISMO E COMÉRCIO

A prefeitura espera que 200 mil pessoas passem o réveillon em Guriri, “fortalecendo o turismo e movimentando o comércio de toda a região de São Mateus, como aconteceu ano passado”.

FOGOS EM VÁRIOS PONTOS

De acordo com a Secom Municipal, Guriri terá a tradicional queima de fogos com 15 minutos de duração. “A novidade é que haverá também queima de fogos com atrações musicais na virada de ano em outros pontos turísticos de São Mateus, como Barra Nova Norte, Barra Nova Sul, Campo Grande, Uruçuquara, Nativo, Sítio Histórico Porto de São Mateus e Pedra D’água. Em todos os locais a segurança será reforçada”.

Dono de sorveteria reage a assalto e quebra a arma do bandido durante roubo em Nova Venécia-ES

0

O caso aconteceu em uma sorveteria de Nova Venécia e está sob investigação

Uma sorveteria foi assaltada , no bairro São Francisco, em Nova Venécia. Segundo a polícia, o proprietário do estabelecimento relatou uma funcionária foi surpreendida por um indivíduo encapuzado, portando uma arma de fogo, que anunciou o assalto e pegou dois celulares e, aproximadamente, R$ 100 do caixa.

Percebendo a ação, o dono do estabelecimento entrou na sorveteria e arremessou uma faca contra o criminoso. Foi neste momento que o assaltante efetuou um disparo com a arma de fogo contra o comerciante.

O proprietário não se intimidou com o disparo e arremessou uma cadeira de madeira, que atingiu a arma na mão do criminoso e a quebrou. O suspeito fugiu do local em um carro.

Na sorveteria, foi encontrado o cano da arma usada pelo criminoso, que quebrou com o impacto da cadeira, e seis munições calibre 22, estando uma delas deflagrada. Foram realizadas buscas nas proximidades, mas o homem não foi localizado. Câmeras de videomonitoramento filmaram toda a ação e serão entregues à Delegacia de Polícia de Nova Venécia para ajudar na investigação do caso.

Policiais continuam recuperando veículos e cumprindo mandados da justiça em Montanha e Pinheiros no no Noroeste-ES

0

Policiais foram acionados nesta segunda feira, 02/12/2019, por volta das 16 horas, para comparecer na zona rural de Pinheiros, pelo solicitante, o qual informou que dois indivíduos chegaram em sua propriedade e pediram para que fosse guardada uma motocicleta Bros de cor preta, pois, segundo eles, o veículo estaria quebrado e iriam busca-la em momento oportuno.

Foi verificado junto ao SISPES que a motocicleta estava com restrição de furto ou roubo e que possui as mesmas características de uma motocicleta, que vem sendo usado na cidade no cometimento de roubo.

Recuperação de produto de furto e roubo

Após tomar conhecimento do roubo ocorrido na madrugada desta segunda feira, 02/12/2019, por volta das 10 horas, por um vigia do mercado municipal, o serviço de inteligência passou a realizar diligências a fim de identificar o autor do referido crime e através de colaboradores foi informado que o autor do mesmo teria sido I,T.S, que foi localizado na rua João Neiva, Centro de Montanha.

Consta que I.T.S., 18 anos, de pronto confessou ter praticado o roubo de posse de uma faca subtraindo da vítima um celular da marca LG, de cor preta, e escondeu em uma pastagem, sendo o aparelho localizado e apreendido.

Cumprimento de mandados

Na tarde de segunda feira, 02/11/2019, às 15h40min, no Centro de Montanha, militares detiveram W.R.B., 41 anos.

A prisão ocorreu por intermédio de cumprimento de mandado de prisão expedido pela justiça do Estado de São Paulo, versando sobre crime de furto e roubo.

O suspeito informou que, quando residia em Santo Barbara do Oeste, estado de São Paulo, teve um sério desentendimento com a facção criminosa denominada “PCC”, que queria matar toda a sua família, motivo pelo qual fugiu para este estado.

Posto isto, ele foi conduzido à autoridade policial para as providências cabíveis ao caso.

Cumprimento de mandados

Na noite de 02/11/2019, às 18h30min, em Vinhático, Montanha/ES, militares detiveram R.A.S., 30 anos.

A prisão ocorreu por intermédio de cumprimento de mandado de prisão expedido pela justiça da Comarca de Ribeirão das Neves versando sobre crime de roubo. Ele foi conduzido à autoridade policial para as providências cabíveis.

Veículo recuperado

Durante patrulhamento de rotina no último dia 30/11/2019, por volta de 11 horas, os militares receberam informação da possível localização do veículo caminhonete Strada Working roubada na noite do dia 29/11/2019, prosseguindo ao Córrego Palmeirinha, e em determinado ponto da estrada, encontraram o veículo abandonado, sendo que se encontrava atolado na lateral da via tendo em vista a estrada estar com muito barro, formado em razão das chuvas recentes, fato que não possibilitava sua remoção imediata, sendo realizado contato com o proprietário para removê-lo.

Diretores de faculdades presos na Operação “Pontas Soltas” deflagrada pelo Gaeco continuam na prisão

0

Ao todo 7 pessoas foram presas na Operação Pontas Soltas, deflagrada na última terça-feira (26) pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES), através de agentes do Gaeco. A operação investiga a emissão de diplomas de graduação e certificados de pós-graduação de forma fraudulenta em diversas cidades do Estado. Todos os envolvidos continuam presos por tempo indeterminado, informou o Ministério Público, um dos investigados, é diretor de uma faculdade e não foi localizado no dia da operação, ele já é considerado foragido.

Entre os presos, estão duas diretoras e uma funcionária de uma faculdade de São Gabriel da Palha, duas pessoas foram presas em Cariacica, uma em Vitória e uma em Guaçuí. Elas são investigadas por envolvimento na emissão de diplomas sem que os alunos frequentem efetivamente as aulas. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos nos municípios de Fundão, São Mateus e Serra.

A identificação dos presos na operação ainda não foi divulgada, já que o processo tramita em segredo de Justiça; “Todos os envolvidos que foram investigados e presos nesta manhã estão vinculados a faculdades e institutos ou intermediando alunos para, de forma fraudulenta, conseguirem diplomas, tanto de pós como de graduação”, explicou o promotor de Justiça Adriani Ozório Nascimento.

AS FASES DA INVESTIGAÇÃO

O Gaeco chegou aos alvos da operação após acordos de colaboração premiada envolvendo investigados nas fases anteriores da Operação Mestre Oculto. Durante a primeira fase, deflagrada em 25 de julho de 2018, segundo o Ministério Público, ficou claro que os “institutos” investigados de Linhares e Rio Bananal atuavam como intermediários junto às faculdades certificadoras. Na segunda fase, a investigação alcançou um patamar superior do esquema, atingindo o topo da organização criminosa, de acordo com as apurações feitas até o momento.

Ao longo das investigações foram deflagradas mais três fases, que confirmaram a existência de ramificações da organização criminosa em outros pontos do Estado do Espírito Santo: A Operação Estória, deflagrada em 13 de novembro de 2018; Operação Viúva Negra, deflagrada em 10 de dezembro de 2018; e Operação Latu Sensu, deflagrada em 11 de abril deste ano.

A Operação Pontas Soltas, é a sexta fase da Mestre Oculto, tem como objeto desarticular um amplo esquema criminoso responsável pelo “comércio” de diplomas e certificados utilizados especialmente na busca pela nomeação em cargos públicos. Esta etapa da operação recebeu o nome de “Pontas Soltas”, devido aos novos núcleos de atuação da organização criminosa que foram identificados ao longo das investigações. (Fonte: Assessoria MPES)

Jovem suspeito de receptação é preso por policiais civis de São Gabriel da Palha-ES

0

Uma operação realizada pela Polícia Civil de São Gabriel da Palha na tarde desta segunda-feira (2), resultou na prisão de um rapaz investigado por comercializar peças roubadas de veículos, ele foi preso no momento em que faria a entrega de uma peça de caminhão no trevo de Vila Fartura, a peça é uma turbina de caminhão e segundo a polícia é avaliada em R$ 2 mil.

O delegado Rafael Caliman comentou sobre a operação, “Após informações de uma das vítimas, monitoramos a entrega da peça que o detido iria fazer nesta tarde, como não conseguiu comprovar a origem do material, que provavelmente foi furtado em Paraisópolis, zona rural de Vila Valério, ele foi autuado pelo crime de receptação”, explicou o delegado.

Caliman acredita que outros indivíduos atuam no mesmo esquema, e  pede que mais alguém  tenha informações a respeito de possíveis vítimas  que tiveram peças ou até mesmo veículo roubado, que denuncie, a denúncia pode ser feita pelo Disque-Denúncia 181 de forma anônima.

O nome do rapaz preso não foi divulgado pela polícia.

Kombi escolar pega fogo e fica destruída no interior de Colatina-ES

0

Na hora do incêndio, apenas o motorista estava no veículo. Ele conseguiu sair do carro a tempo e não sofreu ferimentos.

O incêndio foi na tarde desta terça-feira (3), na comunidade de São Zenon, em Colatina. Crédito: Yan Martins

O motorista de uma Kombi escolar viveu um susto,  na tarde desta terça-feira (3), em Colatina, no Noroeste do Estado. O veículo começou a pegar fogo enquanto ele dirigia. O motorista viajava sozinho e conseguiu sair do carro a tempo, sem sofrer ferimentos. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o veículo já tinha sido completamente destruído pelas chamas. Em nota, a Viação Aritur informou que as manutenções do veículo são realizadas periodicamente.

A Kombi apresentou defeito quando transportava alunos para casa, na comunidade de São Zenon, no interior da cidade. Outro carro veio buscar os alunos e o motorista da Kombi ficou responsável de levar o veículo com defeito até a garagem da Viação Aritur, mas o fogo começou ainda no trajeto. Segundo a Viação Aritur, outro veículo levou os alunos até o trajeto final, em segurança.

O incêndio foi na tarde desta terça-feira (3), na comunidade de São Zenon, em Colatina. Crédito: Yan Martins

Vacina contra raiva para cães e gatos está em falta no ES

0

Por G1 ES


Falta vacina contra a raiva no ES

Falta vacina contra a raiva no ES

Desde o início do ano, a vacina antirrábica, que visa imunizar cães e gatos contra o vírus causador da raiva, está em falta no Espírito Santo. Com isso, a campanha de vacinação, que estava prevista para ocorrer entre setembro e outubro deste ano, não irá acontecer.

Campanha de vacinação de cães e gatos não foi realizada em 2019 no Espírito Santo — Foto: Reprodução/TV Gazeta

De acordo com Rúbia Tabachi, que é referência técnica da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), as vacinas estão em falta em nível nacional, já que a responsabilidade pela sua distribuição é do Ministério da Saúde. A pasta informou apenas que houve um atraso na entrega por parte do laboratório.

Por esse motivo, não se sabe quando um novo estoque chegará ao Espírito Santo. A expectativa é que uma nova campanha possa ser realizada no primeiro trimestre de 2020.

Cuidados e observações

Enquanto as novas doses não chegam, Rúbia explica que é preciso estar atento ao comportamento dos animais, especialmente os que nunca foram imunizados contra o vírus causador da raiva. Já cães e gatos que foram vacinados em 2018, ainda possuem imunidade contra a doença.

De todo modo, os pets devem estar acompanhados em passeios na rua para não correrem o risco de entrar em contato com outros animais que possam estar infectados. Qualquer mamífero é capaz de transmitir raiva caso esteja infectado.

Rúbia lembra que a vacina humana, que é dada quando a pessoa é agredida por um animal com suspeita de raiva, está sendo ofertada normalmente nas unidades de saúde. Nestes casos, a referência técnica da Sesa orienta:

“Para cães e gatos temos um período de observação do animal de dez dia após a agressão a outro animal ou a uma pessoa. Esse é um período em que ele vai evoluir para óbito caso ele tenha o vírus rábico. Após o óbito, a pessoa inicia o tratamento e o dono animal deve entrar em contato com serviço de zoonoses para que seja coletada uma amostra para ser avaliada”, explica.

Rúbia continua: “Se for positivo, Estado e Município fazem ações de bloqueio com animais da região e fazem uma análise para ver quantas pessoas tiveram acesso ao animal e precisam da profilaxia”.

Médicos espanhóis revivem mulher após mais de seis horas de parada...

Dispositivo de ressuscitação usado pela primeira vez na Espanha possibilitou que médicos recuperassem os sinais vitais da paciente mesmo após longo tempo sem sinais...
CLOSE
CLOSE