Preso em Guriri chefe de facção criminosa mais poderosa da Bahia

0

Por g1 ES

Foragido da Bahia, com mandados de prisão por homicídio, é preso em Guriri

Um homem, apontado como chefe de uma organização criminosa da Bahia e suspeito de envolvimento em diversos homicídios qualificados, roubo, extorsão e sequestro, foi preso no balneário de Guriri, em São Mateus, na Região Norte do Espírito Santo, no dia 10 de abril. Conhecido como ‘Wolverine’ ou ‘Vovô Urso’, Daniel dos Santos Silva, de 39 anos, chegou a apresentar documento falso durante a abordagem policial.

De acordo com o delegado Fabrício Dutra, que também é superintendente da Polícia Civil da Regional Norte do Espírito Santo, Daniel era chefe de uma organização criminosa denominada ‘Torre’ no estado baiano.

“É uma prisão muito importante de uma das principais da Bahia. [Ele] Era um grande chefe, inclusive, envolvido em um assassinato de um polícia federal e a tentativa de homicídio de um policial civil”, disse.

Documento falso

Segundo a Polícia Civil do Espírito Santo, Daniel foi preso após militares da corporação localizarem o veículo conduzido por ele próximo de um posto de gasolina em Guriri.

Daniel dos Santos Silva, o Wolverine ou Vovô Urso, foi preso em Guriri, no Espírito Santo — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Daniel dos Santos Silva, o Wolverine ou Vovô Urso, foi preso em Guriri, no Espírito Santo — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Durante as buscas, Daniel apresentou uma habilitação em nome de José Carlos de Vera Nascimento, de Pernambuco, mas acabou confessando que o documento era falso.

A corporação informou ainda que Daniel alegou que o carro era clonado, indicando possíveis sinais de remarcação no chassi, o que ainda será confirmado pela perícia.

Os militares também fizeram buscas no imóvel onde Daniel estava morando, em Guriri, onde foram apreendidos nove aparelhos celulares, que foram encaminhados para análise de dados pela perícia.

A corporação disse ainda que Daniel foi levado à 18ª Delegacia Regional de São Mateus, onde foi autuado por uso de documento falso e por adulteração veicular, além do cumprimento de três mandados de prisão por homicídio, roubo, extorsão e sequestro.

O homem foi encaminhado ao sistema prisional capixaba, permanecendo à disposição da Justiça.

Operação Arktos

Daniel dos Santos Silva, o Wolverine ou Vovô Urso, procurado pelas autoridades baianas por liderança em facção criminosa e envolvimento em homicídios qualificados. — Foto: Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia

De acordo com a Polícia Civil, Daniel foi preso durante a “Operação Arktos” (palavra de origem grega que significa “urso”, mesmo apelido que carrega o detido na operação).

A ação foi realizada com base na investigação coordenada pelo Departamento de Investigação Criminal (Deic) da Polícia Civil do Estado da Bahia (PCBA) e pela Força Integrada de Combate à Corrupção e Organização Criminosa (FICCO/BA) da Polícia Federal, que ap