VÍDEO | Mulher leva morto ao banco para sacar empréstimo de R$ 17 mil

0

A suspeita teria chegado à agência com o cadáver de Paulo Roberto Braga, numa cadeira de rodas, dizendo que ele estava doente. Ela queria sacar R$ 17 mil
Uma mulher foi detida nesta terça-feira (16), em uma agência bancária em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro, ao levar um idoso morto para tentar sacar um empréstimo de R$ 17 mil no nome dele.

A suspeita teria chegado com o cadáver do idoso em uma cadeira de rodas e disse aos funcionários da agência que ele estava doente.


Um vídeo flagrou a cena e nas imagens, a mulher chega a falar com o morto e pegar em sua mão para supostamente tentar ajudá-lo a assinar o documento.
Os funcionários do banco desconfiaram da mulher e solicitaram atendimento médico. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi à agência e constatou a morte do idoso, Paulo Roberto Braga, de 68 anos. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

A mulher, que teria um grau de parentesco ainda não especificado com o morto, foi levado para a delegacia para prestar depoimento. A suspeita pode responder por estelionato ou furto mediante fraude, de acordo com o delegado responsável pelo caso, Fábio Luiz da Silva.

“O principal é continuar a investigação para identificar mais familiares e saber se ele estava vivo quando o empréstimo foi realizado”, explicou.
Os investigadores da 34ª DP (Bangu) apuram quando a vítima morreu e o motivo do óbito. Até o fechamento desta reportagem, a suspeita seguia prestando depoimento na delegacia.