Vigilância Sanitária multa laboratório por descartar lixo em local inadequado

0

A Vigilância Sanitária de Barra de São Francisco multou o Laboratório Pontes, localizado no centro da cidade. O laboratório foi autuado depois que resíduos de materiais usados em exames foram encontrados em caixas em baixo da escadaria da rua mineira. A multa foi fixada em 50 UR (o equivalente a pouco mais de mil reais).

Consta no auto de infração 00223, datado de 21/05/2012, que gerou o processo interno nº 268/2012, que o Laboratório Pontes, de Propriedade de Michael Pontes, foi multado com base na lei nº 2066/99, Art. 63, parágrafo 5º; lei nº 049/97, Código Sanitário Municipal, Art. 70, parágrafo único e pela lei complementar nº 05/2008, Art. 179, parágrafo 1 e 2.

O proprietário do laboratório, Michael Pontes, não vai recorrer. Ele já acatou a multa e disse a Coordenadora da Vigilância Sanitária, Alcinete Magda de Melo, que vai buscar informações sobre o porquê do lixo ter sido destinado inadequadamente.

fonte  www.sitebarra.com.br

É resto humano de exame laboratorial, é risco 1, penalidade gravíssima, o material que é recolhido para exame pode conter vestígios de doenças e o fato do material estar em via pública, perto de residência torna o quadro ainda mais agravante. O lixo encontrado lá foi encaminhado no dia seguinte para um incinerador em Vitória.” Esclareceu Alcinete.

No lixo havia sangue, coletado para exame, fezes, seringas e sacolas do laboratório, em Barra de São Francisco e de um outro laboratório em Mantena, que ajudaram a vigilância sanitária a identificar o infrator.

Procuramos por Michael Pontes, no laboratório em Barra de São Francisco, mas ele não foi localizado para falar sobre o assunto. A bioquímica responsável disse que não tem ideia de como o lixo foi parar no local.