Condenado por morte de garota de programa de 14 anos é assassinado a tiros em Linhares

Comente
CARRINHO-MALUCO
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n
condenado-por-morte-de-garota-de-programa-de-14-anos-e-assassinado-a-tiros-no-planalto-1
Leonardo Jovita, de 36 anos, foi assassinado com três tiros na noite desta terça-feira (20) por volta das 21 horas no bairro Planalto em Linhares. A vítima foi condenada a 12 anos de prisão, em março de 2014, pela morte da garota de programa Luana Marçal Viana, de apenas 14 anos, mas, respondia pelo crime em liberdade. Ele foi alvejado nas costas quando estava na Avenida Cerejeiras, a principal do bairro.
Fonte: site linhares
Leonardo estava a bordo de uma moto Shineray. Nenhum morador quis comentar o caso e a área do crime foi isolada pela Polícia Militar até a conclusão dos trabalhos da perícia. O corpo de Leonardo foi levado para o Serviço Médico Legal para liberação dos familiares para velório e sepultamento. A PM realizou buscas por toda a região, mas, não conseguiu localizar nenhum suspeito.
De acordo com informações da Polícia Militar, Leonardo já tinha passagens pela polícia por furto de veículo, posse de arma de fogo e delitos de trânsito. O caso foi registrado na 16ª. Delegacia Regional de Linhares e será investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV). Qualquer informação que possa ajudar no trabalho da polícia deve ser repassada para o 181. Não precisa se identificar.
GP encontrada em Jataipeba
Luana Marçal Viana foi assassinada em novembro de 2003 e seu corpo encontrado na estrada de Jataipeba, nas proximidades da Ceplac. A vítima atuava como garota de programa num bar nas proximidades da rodoviária de Linhares. Leonardo foi condenado a 12 anos de prisão, mas, respondia pelo crime em liberdade. A foto foi cedida pela Polícia Militar.
12311101_932419773478464_1231929020317032740_n
111 12227650_924401994280242_7856840745081785682_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *